sábado, outubro 24, 2015

Mudanças no DEM: Uns saem, outros chegam

Resultado de imagem para foto da logo do Democratas
De acordo como foi publicado nas redes sociais, o DEM está passando por um momento de acomodação. 

Muita gente que ficou descontente com o descaso da prefeita Eliene Nunes para com aqueles que trabalharam duro para que ela se elegesse, deixou o barco dela e foi para o DEM.

O partido transformou-se numa miscelânea de pretensos candidatos.

Quem acompanha o dia a dia da política em Itaituba sabia de antemão que nem todo mundo ficaria nessa sigla, e principalmente, não ficaria ao lado do ex-prefeito e pré-candidato Valmir Climaco, pois embora alguns desses egressos do grupo de Eliene estivessem descontentes com ela, nada tinham a ver com Valmir. 

Mas, o ex-prefeito era o único político para os braços do qual podiam correr para demonstrar seu descontentamento, até que surgisse outra opção. E surgiu.

A entrada em cena do empresário Ivan D'Almeida há alguns meses representou essa possibilidade real de ancoragem em um porto que tivesse mais a ver com esse pessoal que deixou de ser Eliene, mas, que nunca foi Valmir.

Davi Salomão, Jóia e Aurélio Silva estão entre os que foram para o lado de Ivan.

Tem gente no DEM, que não esteve com Eliene na eleição de 2012, que poderá estar com ela no palanque em 2016.

Fala-se que Diego Mota é um desses nomes.

Uma grande novidade no partido foi o ingresso da jornalista Andreia Siqueira, que já anunciou sua disposição de sair candidata a vereadora.

E com a diminuição do prazo para filiação partidária, de um ano para seis meses, isso é somente o começo. Ainda vai haver muitas trocas até abril do ano que vem.