domingo, outubro 11, 2015

COMTRI precisa resolver problema da convergência à esquerda da 13 com a Nova de Santana

Durante a Semana de Trânsito eu conversei com o coordenador da COMTRI, João Paxiúba, a respeito da proibição temporária de convergência à esquerda, subindo a 13 de Maio, no semáforo da esquina com a Nova de Santana.

O sinal de três tempos naquele local é complicado e foi motivo de alguns acidentes, porque é grande o número de condutores que tem necessidade de dobrar no sentido da Cidade Alta. Como vem veículos pela Nova de Santana, na direção da Praça do Congresso, o risco de acidentes é direto. Então, alguma providência precisava ser tomada.

O problema é que foi feita apenas uma parte do que o coordenador me falou, pois ele me disse que seria colocada a placa sinalizando a proibição, e que durante vários dias, algumas horas por dia, ficaria um agente de trânsito da COMTRI, de plantão, para orientar os condutores. Essa parte está faltando.

Além mais, ao impedir tal convergência, a COMTRI deveria criar uma opção de contorno para quem precisa dobrar ali, o que não parece fácil.

Pela Nova de Santana, em frente ao Posto Leal, há uma saída, mas, fica muito perto do sinal; um pouco mais adiante, em frente ao Hospital Santo Antônio há outro ponto que poderia ser utilizado para o contorno, mas, nesse caso, é preciso verificar o quanto isso poderá causar problemas para o fluxo do tráfego para quem vem pela Nova de Santana, sentido João Pessoa.

O certo é que em função dessa falta de opção, muita gente continua fazendo a convergência à esquerda, subindo pela 13 de Maio. Ou seja, aquela placa está lá de enfeite, como mostram as fotos feitas por mim, ontem, em poucos minutos que fiquei no local observando.