sexta-feira, setembro 18, 2015

Obra para afaltar em frente Campo Verde continua

Os trabalhos da construtora Sanches Tripolone com o objetivo de pavimentar um trecho em frente ao distrito de Campo Verde continuam a pleno vapor.

Máquinas da empresa estão preparando o terreno, sob os olhares atentos de quem liderou os protestos que culminaram com a interdição da BR 163 no começo deste mês.

Segundo a empresa, o asfalto deverá chegar nos próximos dias.

Porém, lideranças como José Belloni, que participou ativamente da interdição, lembram que há outras demandas, como as pontes de madeira que desejam que sejam substituídas por pontes de concreto e o desvio perto de Miritituba, que também deve ser resolvido.

Como disse uma moradora de Campo Verde, empresária de nome Gessy, o progresso está literalmente passando pelo distrito, deixando apenas os aspectos negativos.

Ela lembrou que durante as audiências públicas para discutir a implantação dos portos graneleiros, foram assumidos compromissos que não foram cumpridos até agora.

O presidente do Fórum de Entidades e da CDL, empresário Davi Menezes, disse que todos os que estão envolvidos nesse processo estão atentos para evitar que o que foi definido caia no esquecimento.

Com informações do repórter Mauro Torres, no telejornal Focalizando.