terça-feira, agosto 18, 2015

TRE promove audiência publica em Belterra

Na manhã desta terça-feira (18/08), o Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pará(TRE-PA), desembargador Raimundo Holanda Reis, participa as 10:00h, da audiência pública na Câmara Municipal do município de Belterra. O objetivo do encontro é apresentar aos eleitores e classe política plano de atendimento do recadastramento biométrico, informando que, no processo de revisão, todos os eleitores em situação regular precisam comparecer - inclusive os maiores de 70 anos, menores de 16 anos e os analfabetos, que desejem votar. Na cidade de Belterra a capacidade de atendimento instalada é de, pelo menos, 200 eleitores/dia, número suficiente para atender todo o eleitorado previsto.

A biometria não tem custo nenhum ao eleitor, mas quem não fizer perde alguns benefícios como acesso ao Bolsa Família, matrícula de instituições de ensino, emissão de passaporte, dentre outros. O coordenador da biometria no Pará, Dilson Athias deve apresentar todo o plano de atendimento para manter as metas desejadas convocando toda a sociedade e classe política para mobilizar os eleitores para fazerem a biometria, porque no dia da eleição quem não tiver feito não poderá votar.

A inclusão da biometria na identificação do eleitor é considerada a etapa final de modernização do Sistema Brasileiro de Votação Eletrônica, agregando um valor substancial de segurança a todo o processo, já que coíbe qualquer tentativa de falsidade ideológica ou duplicidade.

Belterra passará a compor o rol dos 22 municípios Paraenses que estarão aptos a votação biométrica nas Eleições municipais em 2016, aproximadamente 25% do eleitorado do Estado. Além disso, estará hábil para a recepção e emissão do novo modelo nacional de identidade civil unificado, o RIC