quinta-feira, julho 30, 2015

Atleta colombiana a um passo da pena de morte

Atleta colombiana a um passo da pena de morte (Foto: Divulgação)
Com possibilidade de pegar pena de morte, a modelo e jogadora de futebol Juliana López Sarrazola, 22 anos, foi detida após ser acusada de portar cocaína escondida em seu notebook. A fato ocorreu no último dia 18 no Aeroporto Internacional de Guangzhou Baiyun, na China. De acordo com a legislação antidrogas do país asiático, a colombiana pode ser condenada à prisão perpétua ou até pena de morte.

A família da jogadora não sabia do paradeiro dela até ser informada sobre sua prisão pelo consulado colombiano, que recebeu uma notificação oficial do Departamento Anti-Contrabando de Guangzhou informando sobre o caso.
López é jogadora do time "As Divas do Futebol", de Meddelín, há quatro anos e divide a carreira de esportista com atividades como modelo e apresentadora. Ela, inclusive, representou a Colômbia no concurso Miss Mundo 2015. O técnico das Divas, Alejandro Duque Giraldo, comentou sobre a notícia envolvendo sua atleta.
"É uma menina tranquila, nunca percebemos amizades ou comportamentos estranhos nos quatro anos que a conhecemos. Ela era a pessoa que dava a cara pelo clube, falava com a imprensa, era apresentadora de televisão e estudava", disse Alejandro ao jornal Diario ADN.
Os representantes consulares colombianos já iniciaram conversas com autoridades da China para visitá-la e prestar a assistência necessária até o julgamento.
(DOL com informações da Rede TV)