quinta-feira, julho 28, 2016

Conflito no campo: MPF pede presença da Força Nacional em Anapu

Pedido foi encaminhado ao Ministério da Justiça para conter conflito na região da Mata Preta, onde pistoleiros estariam ameaçando trabalhadores rurais
A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) solicitou nesta quarta-feira, 27 de julho, ao Ministério da Justiça e da Cidadania o deslocamento de integrantes da Força Nacional de Segurança Pública para a região da Mata Preta, no município de Anapu, no Pará. 

A presença da Força Nacional tem como objetivo auxiliar a conter a grave situação de violência na região – alvo de disputa entre trabalhadores rurais e supostos proprietários. De acordo com as informações da Ouvidoria Agrária, há um quadro de forte conflito na região, com presença de “pistoleiros” e ameaças a trabalhadores rurais para que deixem as terras que ocupam. Não há mandado judicial de reintegração de posse nas áreas de conflito. 

Na solicitação encaminhada ao Ministério da Justiça, a procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat, solicita a constituição de uma força-tarefa, em caráter de urgência, com objetivo de ocupar a região e garantir a segurança e integridade física das famílias.

Ministério Público Federal
Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão

Partido Verde, Convocação para Convenção

De acordo com Edital de Convocação devidamente protocolado na Justiça Eleitoral, o Partido Verde convoca seus filiados para sua convenção partidária.

quarta-feira, julho 27, 2016

MPF vai à Justiça para obrigar INSS a conceder salário-maternidade para mães Munduruku e Sateré Mawé

Previdência vem negando o direito para índias menores de 16 anos, mas o critério etário não se aplica aos povos indígenas

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou nesta quarta-feira, 27 de julho, ação civil pública na Justiça Federal em Itaituba (PA) para impedir o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de negar o salário-maternidade para as mães indígenas das etnias Munduruku e Sataré Mawé dos municípios de Jacareacanga, Itaituba e Aveiro. O benefício vem sendo  recusado pelo INSS com aplicação do chamado critério etário, que impede a concessão para mães menores de 16 anos. O ordenamento jurídico brasileiro, no entanto, impede que esse critério seja aplicado no caso dos povos indígenas.

O MPF pede que o INSS seja proibido de aplicar esse critério sob pena de pagar multa de R$ 1 mil a cada benefício recusado. O critério não é aplicável, uma vez que os povos indígenas têm direito a suas próprias práticas culturais, e muitas vezes a maternidade entre as mulheres indígenas se inicia em idade anterior àquela que a sociedade envolvente entende como precoce. O mesmo entendimento vale, por exemplo, para o trabalho na roça, que no caso dos povos indígenas não é considerado precoce nas mesmas faixas etárias em que se considera para outros grupos nacionais, uma vez que o trabalho rural é atividade que mantém o núcleo familiar e a comunidade.

O MPF lembra que a Constituição Federal de 1988 rompeu com o paradigma assimilacionista no trato do Estado brasileiro com os povos indígenas que vivem no território nacional. “Nesse sentido, deve-se destacar o disposto nos artigos 215, 216, 231 e 232 da Constituição Federal, os quais superam a visão hegemônica atrelada a um modelo ideal de sujeito de direito para reconhecer as diversas manifestações culturais da sociedade brasileira, as quais abrangem, entre outros, os povos indígenas, as comunidades quilombolas e demais povos tradicionais”, lembra a ação judicial.

Ou seja, o Estado brasileiro, por meio de quaisquer agências ou instituições, não pode estabelecer aos índios que preencham requisitos estranhos à sua cultura, para conceder direitos previstos na Constituição. O Grupo de Trabalho de Saúde Indígena, da 6ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF (que trata de povos indígenas e tradicionais), também já se manifestou sobre o tema: “Às crianças e adolescentes indígenas são garantidos todos os direitos sociais estabelecidos na Constituição, tal como o salário-maternidade, independentemente de sua idade, devendo os órgãos públicos responsáveis observar os costumes e tradições de cada comunidade, com a utilização de estudos antropológicos adequados, sugerindo aos Procuradores da República que promovam ações judiciais e extrajudiciais visando a concretização desses direitos”.

Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

Assaltantes entram em confronto com a PM e dois morrem em assalto a ônibus

Informações repassadas com exclusividade para nossa redação, dão conta de que na madrugada de Terça para quarta feira (27) aconteceu um confronto na região da transamazônica, entre as cidade de Parauapebas e Novo repartimento.

As informações são de que na madrugada por volta das 04 horas da manhã integrantes de uma quadrilha de assaltantes entraram em combate com a Policia Militar na região da Cajazeira, no KM 112 perto de uma  ponte.  Segundo relatos de nossas fontes uma quadrilha estava atuando na região e a Policia Militar integrantes do "Reservado" e homens do GTO munidos de informações já tinham se adiantado para o local do fato, foi quando os assaltantes entraram dentro de um ônibus da viação Ouro e Prata foi na hora que os policiais tentaram impedir a ação dos bandidos e foram recebidos a bala.

Na ocasião dois bandidos foram mortos no combate em que os policiais foram recebidos injustamente a bala pelos bandidos e por este motivo revidaram a injusta agressão sofrida. Dois foram presos e a policia ainda está na cola de mais quatro vagabundos que estavam na ação de assalto. Informações colhidas pelo Jornalismo Investigativo do grupo Elias Junior são de que a onda de assaltos estava intensa, principalmente entre Novo Repartimento e Itupiranga.

Segundo as nossas fontes o ônibus em que ele estava foi alvo de aproximadamente 60 tiros no para brisa. A Policia Civil está no local acompanhando as investigações.


Fonte: Elias Junior Noticias
Foto: Fonte que estava no local

Clínica Ansonic : Atendimento de Especialistas


A Clínica Ansonic Diagnóstico comunica que o Dr. Pedro Coutinho, especialista em Diabetes, Problemas da Tireóide, Impotência Sexual, Obesidade, Reposição Hormonal da Menopausa, Puberdade Precoce e Retardo no Crescimento, estará consultando dia 29 de Julho (Sexta-Feira), às 20:00 horas  e dia 30 de Julho (Sábado ) às 08:00 horas da Manhã.

A Clínica Ansonic informa, também, que toda Segunda-Feira, a partir das 09:00 horas da manhã, a nutricionista Drª Keila Javorski estará consultando.

✍☎Agende Sua Consulta : 3518-7678 / 3518-3374 /99195-5745

terça-feira, julho 26, 2016

Grupo de PMs da ação que resultou na morte de cinco elementos na manhã de hoje em Itaituba

Foto: WhatsApp

PM matou cinco bandidos em Itaituba no começo da manhã de hoje

Cinco elementos que já haviam praticado diversos crimes em Itaituba, como roubos e assaltos, foram morto no começo da manhã de hoje pela Polícia Militar.

Os criminosos estavam em uma casa que fica no bairro Vitória Régia, no Ramal do Jacarezinho, quando por volta de seis horas da manhã foram surpreendidos por policiais militares.

Segundo a versão dos policiais, os bandidos reagiram à chegada da PM, que revidou matando os cinco.

Eles estavam em uma casa cujo muro, de tão alto, parecia uma fortaleza.

Quatro elementos eram oriundos de Altamira e um de Castelo de Sonhos.

Segundo o jornalista Marinaldo Silva TV Eldorado), com quem conversei há poucos minutos, a PM encontrou no local, duas motos roubadas, um rádio com a frequência da polícia, uniformes de trabalhadores da Celpa e celulares.

O blog captou fotos do WhatsApp, de três dos elementos mortos e de materiais apreendidos.

Maiores informações, da a pouco.


Jota Parente

segunda-feira, julho 25, 2016

Clínica Ansonic : Atendimento de Especialistas

A Clínica Ansonic Diagnóstico comunica que o Dr. Pedro Coutinho, especialista em Diabetes, Problemas da Tireóide, Impotência Sexual, Obesidade, Reposição Hormonal da Menopausa, Puberdade Precoce e Retardo no Crescimento, estará consultando dia 29 de Julho (Sexta-Feira), às 20:00 horas  e dia 30 de Julho (Sábado ) às 08:00 horas da Manhã.

A Clínica Ansonic informa, também, que toda Segunda-Feira, a partir das 09:00 horas da manhã, a nutricionista Drª Keila Javorski estará consultando.

✍☎Agende Sua Consulta : 3518-7678 / 3518-3374 /99195-5745

De volta à terra

Depois de mais de uma semana ausente, estou de volta para retomar as minhas atividades diárias, dentre as quais está trabalhar na atualização do blog.

Com as dificuldades de quem está fora do domicílio, esforcei-me para manter o blog atualizado, dentro do possível.

Obrigado a todos os leitores pela compreensão.

Jota Parente

MAP Linhas Aéreas continuará atuando em Itaituba, confirmam diretores ao MP


Possibilidade de suspensão das atividades da companhia era motivo de preocupação para pacientes que dependem do transporte aéreo

Diretores da empresa MAP Linhas Aéreas informaram ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) nesta segunda-feira, 25 de julho, que a empresa vai continuar a atuar em Itaituba, no sudoeste do Estado.

A possibilidade de interrupção dos serviços da empresa, a única em atuação no município, era motivo de preocupação para pacientes que dependem do transporte aéreo para realização de tratamentos médicos, como os doentes renais crônicos.

A MAP, segundo os dirigentes reunidos com o MP, vai continuar a operar as linhas Itaituba-Manaus(AM) e Itaituba-Belém.

Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

Técnica que salvou rios do Canadá após rompimento de barragens existe no Brasil

A empresa Aplysia Soluções Ambientais disse, em seminário, que uma técnica para recuperação de rios que foi usada nos casos de Obed e Mount Polley está disponível no Brasil. Nessas duas minas canadenses houve o rompimento das barragens de rejeitos resultando em desastre similar ao ocorrido com a barragem de Fundão, da Samarco, em Mariana (MG).

No início do mês, durante o seminário “Gestão dos Riscos e Impactos Ambientais de Barragens de Rejeitos de Mineração” a diretora-técnica da Aplysia, Tatiana Furley, mostrou que as metodologias utilizadas para recuperar os rios no Canadá já existem no Brasil e foram aplicadas no rio Mangaraí, em Santa Leopoldina (ES), antes mesmo do desastre no rio Doce.

“Como os incidentes de lá aconteceram em 2013 e 2014 e os recursos hídricos já foram revitalizados, nossa equipe viajou em maio ao país para conhecer as técnicas e os resultados destes dois casos. Ficamos surpresos ao descobrir que era o mesmo método que usamos aqui”, contou Tatiana.

O evento aconteceu em Belo Horizonte, em parceria com o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) e com a ArcelorMittal, com a presença de técnicos e gestores de mineradoras, órgãos ambientais e Ministério Público.

Uma das palestrantes, a canadense Kari McDonald, da Westmoreland Coal Company, gestora de 18 minas no Canadá e nos Estados Unidos, incluindo a de Obed, ressaltou que a principal mudança após o rompimento da barragem de rejeitos foi o relacionamento entre mineradoras e órgãos ambientais.

“Três anos após o desastre, a legislação foi alterada e a principal exigência foi a transparência das operações. Hoje temos sites abertos, por exemplo, onde todos podem ter acesso às informações e isso fortalece a relação de confiança entre as partes envolvidas”, destacou a gestora.

Outra lição aprendida é a necessidade de ter conhecimento prévio dos rios, fundamentado em metodologia científica aplicada aos casos, destacou o professor Luis Felipe Hax Niencheski, da Universidade Federal do Rio Grande (Furg), também palestrante no evento. 

TSE divulga limites de gastos de campanha nas Eleições 2016

Foram publicadas no Diário de Justiça Eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral (DJe/TSE) as tabelas atualizadas com os limites de gastos de campanha, conforme previsto na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97). 


Após publicação dos valores preliminares de gastos de campanha, o TSE atualizou os valores de acordo com a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de acordo com o parágrafo 2º, art. 2º, da Resolução TSE nº 23.459/2015.

O índice de atualização dos limites máximos de gastos foi de 33,7612367688657%, que corresponde ao INPC acumulado de outubro de 2012 a junho de 2016. Para os municípios de até 10 mil eleitores e com valores fixos de gastos de R$ 100 mil para prefeito e R$ 10 mil para vereador, o índice de atualização aplicado foi de 8,03905753097063%, que corresponde ao INPC acumulado de outubro de 2015 a junho de 2016, visto que esses valores fixos foram criados com a promulgação da Lei nº 13.165/2015 (Reforma Eleitoral 2015).

De acordo com a tabela, o maior limite de gastos para campanha para o cargo de prefeito está previsto para o município de São Paulo (SP), que tem hoje 8.886.324 eleitores. No primeiro turno eleitoral, os candidatos à Prefeitura da cidade poderão gastar até R$ 45.470.214,12. Já no segundo turno, o teto de gastos será de R$ 13.641.064,24. De outro lado, os candidatos a prefeito em 3.794 municípios somente poderão gastar até R$ 108.039,00.

Para o cargo de vereador, o maior limite de gastos foi estipulado para o município de Manaus (AM), que possui 1.257.129 eleitores. Os candidatos a uma cadeira na Câmara Municipal da capital do Amazonas poderão gastar, no máximo, R$ 26.689.399,64. O piso de gastos para as campanhas para o cargo de vereador ficou em R$ 10.803,91, alcançando 3.794 municípios.

Limites para contratação de pessoal

A Reforma Eleitoral 2015 também estipulou limites quantitativos para a contratação direta ou terceirizada de pessoal para prestação de serviços referentes a atividades de militância e mobilização de rua nas campanhas eleitorais, em consonância com o art. 36 da Resolução TSE nº 23.463/1995.

Segundo a Lei das Eleições (Lei n° 9.504/1997), em seu art. 100-A, parágrafo 6º, para fins de verificação dos limites quantitativos de contratação de pessoal não são incluídos: a militância não remunerada; pessoal contratado para apoio administrativo e operacional; fiscais e delegados credenciados para trabalhar nas eleições; e advogados dos candidatos ou dos partidos e das coligações.

O maior número de contratações poderá ser feito pelos candidatos da cidade de São Paulo. Para o cargo de prefeito, poderão ser feitas até 97.719 contratações. Já para o cargo de vereador, o número máximo será de 27.361. O município do Rio de Janeiro vem logo atrás, podendo seus candidatos contratar até 53.848 pessoas para as campanhas de prefeito e até 15.077 para as de vereador.

Os candidatos das cidades de Serra da Saudade (MG) e Araguainha (MT), que possuem 959 e 954 eleitores, respectivamente, somente poderão contratar até 10 pessoas para as campanhas ao cargo de prefeito e até 5 para as de vereador.

Fonte: TRE/PA

Enquete sobre ações do Ibama contra atividade garimpeira no Tapajós mostra como os leitores encaram esse problema

Terminou hoje a enquete feita pelo blog a respeito do que os leitores pensam das ações repressivas do Ibama contra a atividade garimpeira na região do Tapajós.

A conclusão não apresentou nenhuma grande surpresa, estando dentro do que se trata no dia a dia.

Eis o resultado.

O que você acha das ações do Ibama nos Garimpos do Tapajós?

O governo deveria regularizar em vez de só reprimir: 43%

Devem continuar: 29%

São exageradas: 21%

Prejudicam a economia da região? 5%

Devem ser paralisadas: 2%

Crise força o fim do injusto ensino superior gratuito


Os alunos de renda mais alta conseguem ocupar a maior parte das vagas nos estabelecimentos públicos, enquanto aos pobres restam as faculdades pagas

Numa abordagem mais ampla dos efeitos da maior crise fiscal de que se tem notícia na história republicana do país, em qualquer discussão sobre alternativas, a lógica aconselha a que se busquem opções para financiar serviços prestados pelo Estado. Considerando-se que a principal fórmula usada desde o início da redemocratização, em 1985, para irrigar o Tesouro — a criação e aumento de impostos — é uma via esgotada.

Mesmo quando a economia vier a se recuperar, será necessário reformar o próprio Estado, diante da impossibilidade de se manter uma carga tributária nos píncaros de mais de 35% do PIB, o índice mais elevado entre economias emergentes, comparável ao de países desenvolvidos, em que os serviços públicos são de boa qualidade. Ao contrário dos do Brasil.
Para combater uma crise nunca vista, necessita-se de ideias nunca aplicadas. Neste sentido, por que não aproveitar para acabar com o ensino superior gratuito, também um mecanismo de injustiça social? Pagará quem puder, receberá bolsa quem não tiver condições para tal. Funciona assim, e bem, no ensino privado. E em países avançados, com muito mais centros de excelência universitária que o Brasil.

Tome-se a maior universidade nacional e mais bem colocada em rankings internacionais, a de São Paulo, a USP — também um monumento à incúria administrativa, nos últimos anos às voltas com crônica falta de dinheiro, mesmo recebendo cerca de 5% do ICMS paulista, a maior arrecadação estadual do país.

Ao conjunto dos estabelecimentos de ensino superior público do estado de São Paulo — além da USP, a Unicamp e a Unifesp — são destinados 9,5% do ICMS paulista. Se antes da crise econômica, a USP, por exemplo, já tinha dificuldades para pagar as contas, com a retração das receitas tributárias o quadro se degradou. A mesma dificuldade se abate sobre a Uerj, no Rio de Janeiro, com o aperto no caixa fluminense.

Circula muito dinheiro no setor. Na USP, em que a folha de salários ultrapassa todo o orçamento da universidade, há uma reserva, calculada no final do ano passado em R$ 1, 3 bilhão. Mas já foi de R$ 3,61 bilhões. Está em queda, para tapar rombos na instituição. Tende a zero.

O momento é oportuno para se debater a sério o ensino superior público pago. Até porque é entre os mecanismos do Estado concentradores de renda que está a universidade pública gratuita. Pois ela favorece apenas os ricos, de melhor formação educacional, donos das primeiras colocações nos vestibulares. Já o pobre, com formação educacional mais frágil, precisa pagar a faculdade privada, onde o ensino, salvo exceções, é de mais baixa qualidade. Assim, completa-se uma gritante injustiça social, nunca denunciada por sindicatos de servidores e centros acadêmicos.

Levantamento feito pela “Folha de S. Paulo”, há dois anos, constatou que 60% dos alunos da USP poderiam pagar mensalidades na faixa das cobradas por estabelecimentos privados. Quanto aos estudantes de famílias de renda baixa, receberiam bolsas.
Além de corrigir uma distorção social, a medida ajudaria a equilibrar os orçamentos deficitários das universidades, e contribuiria para o reequilíbrio das universidades, e contribuiria para o reequilíbrio das contas públicas.

Editorial assinado por João Roberto Marinho, publicado no jornal O Globo, ontem, domingo.

Wilson Lima, apresentador de TV itaitubense que faz sucesso em Manaus é candidato a vice

Marcelo Ramos é oficializado candidato à Prefeitura de ManausWilson Lima disse que a convenção deste sábado (23) iria marcar o início de um novo momento da política amazonense. "Uma história de progresso, de comprometimento com as pessoas, com o social, com tudo que realmente muda para melhor a vida das pessoas.

Wilson Lima
Foto: Jota Parente
Manaus/AM - Uma grande festa, reunindo mais de 7 mil pessoas, oficializou as candidaturas de Marcelo Ramos para prefeito e de Wilson Lima para vice, além de 310 nomes para vereador do PR/PPS/PTdoB/PEN/PTC, partidos que formam a coligação "Mudança Para Transformar". Em discurso, Marcelo Ramos deu o tom da sua campanha.

"Vamos vencer porque o povo quer mudar. E nós somos a mudança segura, que vai transformar para melhor a vida das pessoas. Não quero derrotar ninguém, não vou atropelar ninguém. Quero unir as pessoas, todos os que amam Manaus e querem construir a cidade dos nossos sonhos", disse o candidato.

Ramos destacou que o momento é de pensar em renovar a esperança da população que já está desacreditada nos políticos. Em tom sereno, adiantou que não vai bater boca com nenhum dos candidatos. Quem quiser bater boca, vai perder tempo. Toda minha energia está voltada para mostrar a população que podemos fazer uma Manaus melhor", reforçou.  

Wilson Lima disse que a convenção deste sábado (23) iria marcar o início de um novo momento da política amazonense. "Uma história de progresso, de comprometimento com as pessoas, com o social, com tudo que realmente muda para melhor a vida das pessoas. Afirmo para todos que 2016 será o ano marcado por uma nova geração na política".

O deputado Alfredo Nascimento, presidente estadual do PR, disse que escolheu Marcelo Ramos e Wilson Lima para compor a chapa de seu partido. "Fui três vezes prefeito de Manaus e por três vezes fui eleito o melhor prefeito do País. Hoje tenho absoluta certeza que Marcelo Ramos está preparado e, com a ajuda do Wilson Lima e de pessoas experientes do nosso grupo, será um grande prefeito, um Prefeito melhor do que eu fui", afirmou Alfredo, ressaltando que a convenção é a prova que "já começamos uma campanha vitoriosa".


Fonte: Portal do Holanda

terça-feira, julho 19, 2016

Obrigado, tio

Júnior agradece, mas, tudo que escrevi no Facebook, como chamada para a notícia do G1 Santarém, que eu coloquei no blog, nada mais é a verdade.

Eis a nota do Face
---------------------------------

É sempre muito agradável ver alguém da família da gente progredindo.

Hoje tive o prazer de colocar no meu blog uma notícia que diz respeito a mais uma conquista do meu sobrinho Júnior, grande saxofonista, filho de minha Irmã Ana Selva, em memória.

A matéria produzida e publicada pelo G1 Santarém e região, fala de sua carreira e de sua participação como único representante do Pará, em um evento que reunirá os maiores saxofonistas.

Com um talento extraordinário, Júnior conquistou esse lugar na música com uma determinação de quem sabe aonde quer chegar, sem se importar com as pedras no caminho.

Parabéns, meu sobrinho. Sua jornada vitoriosa na música ainda lhe reserva uma longa e vitoriosa caminhada.

Os leitores do blog do Jota Parente podem ler a matéria completa. www.jotaparente.blogspot.com

Jota Parente

------------------------------------- 

Tio Zeca, lhe agradeço imensamente por cada palavra e por todo o apoio à minha carreira musical.

Forte abraço.

Júnior Castro

Saxofonista santareno vai representar o Pará em simpósio internacional

A paixão pelo saxofone fez Junior Castro se especializar em instrumentos de sopro (Foto: Vanessa Barros/Divulgação)
Júnior Castro é sobrinho do signatário deste blog,
Jota Parente
A paixão pela música e a dedicação ao aprendizado do saxofone permitiram que o saxofonista santareno Júnior Castro fosse selecionado para representar o Pará e a região norte no II Simpósio Internacional de Saxofone Online (Simsax) queo corre de 1 a 7 de agosto e reúne os maiores saxofonistas do país.

O Simsax é uma organização de músicos que tem como missão transmitir conhecimentos relevantes e transformadores por meio de palestras na internet. A programação inclui vinte e oito palestras com tempo médio de 30 a 45 minutos. O simpósio é voltado para estudantes de música, professores, orquestras, universidades, conservatórios, universidades e demais interessados que apreciam a boa música.

O convite para participar do evento  surgiu depois que um dos organizadores viu o trabalho dele divulgado em seu site pessoal (www.juniorcastrosax.com). Castro vai apresentar a palestra "Uma extensão da mente sonora" em que explica e incentiva o processo de pensar em frases musicais e passar as ideias para o instrumento. O saxofonista vai abordar ainda a importância do solfejo, um dos principais fundamentos para qualquer músico que deseja desenvolver um ouvido musical. (Veja no vídeo Junior Castro tocando).

Ao G1 o saxofonista comemorou a participação no Simsax: "sinto-me imensamente honrado por essa oportunidade em poder contribuir de alguma forma para a comunidade do saxofone por meio da palestra e isso me deixa imensamente feliz e realizado".

Sinto-me imensamente honrado por essa oportunidade em poder contribuir de alguma forma para a comunidade do saxofone por meio da palestra e isso me deixa imensamente feliz e realizado"

Músico, Junior Castro Perfil
Junior Castro nasceu em Santarém e começou os estudos musicais experimentais no teclado digital em 2004. Em Manaus, estudou teoria musical, história da música com os professores Daniel Cauper e Ednelson Barbosa, com os qualistambém estudou clarinete e saxofone alto. Após a temporada de aprendizado na capital amazonense, o saxofonista retornou a cidade natal onde teve a oportunidade de integrar dois importantes grupos orquestrais da município: Orquestra Jovem Maestro Wilson Fonseca e Filarmônica Municipal Professor José Agostinho.

"Foi amor a primeira vista a minha relação com o sax, quando morei em Manaus participei  de um evento religioso e na ocasião havia uma grande orquestra tocando, aí  sentei-me ao lado de um saxofonista, e ao ouvir o timbre daquele instrumento me comoveu bastante. Observar a estética visual do mesmo me deixou encantado", revela Junior Castro que toca saxofone, gaita cromática, flauta doce e flauta transversal.

 O convite para participar do evento  surgiu depois que um dos organizadores viu o trabalho dele divulgado em seu site pessoal (www.juniorcastrosax.com). Castro vai apresentar a palestra "Uma extensão da mente sonora" em que explica e incentiva o processo de pensar em frases musicais e passar as ideias para o instrumento. O saxofonista vai abordar ainda a importância do solfejo, um dos principais fundamentos para qualquer músico que deseja desenvolver um ouvido musical. (Veja no vídeo Junior Castro tocando).

Ao G1 o saxofonista comemorou a participação no Simsax: "sinto-me imensamente honrado por essa oportunidade em poder contribuir de alguma forma para a comunidade do saxofone por meio da palestra e isso me deixa imensamente feliz e realizado".

Sinto-me imensamente honrado por essa oportunidade em poder contribuir de alguma forma para a comunidade do saxofone por meio da palestra e isso me deixa imensamente feliz e realizado"

O músico também faz parte do projeto “Canto, Cordas e Palhetas”, em parceria com os guitarristas paraenses Júlio Tapará e Edmárcio Paixão. Esse novo disco é dedicado à cultura musical paraense e ainda não tem data para o lançamento.

Participou como músico e produtor em diversos festivais de música amazônica, dentre eles: Fecan Trombetas 2008, Fecan Santarém 2012, projeto "As Amazonas do Tapajós" (2011), Encontro das Artes de Santarém (2008 a 2012), Servifest – Santarém (2012, 2013 e 2014), Sairé (2012, 2013, 2014 e 2015), 3ª edição do Festival de Música do Tapajós (2015 e 2016), Canta Santarém (2015 e 2016), Fempo – Oriximiná (2015), Tapajazz Festival (2014 e 2015) dentre outros. No ano de 2013, seu grupo (Grupo Tapajós Instrumental) foi selecionado para o XXVI Festival Internacional de Música do Pará. Participou também do projeto "Da Lapa ao Mascote" (2013), do violonista Sebastião Tapajós (turnê Pará e Rio de Janeiro).

Banda musical do PR é detida com 1,4 tonelada de maconha, diz polícia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu nesta terça-feira (19) cerca de 1,4 tonelada de maconha. A droga estava escondida no meio dos equipamentos da Banda Mil do Paraná, um grupo musical de Medianeira, no oeste paranaense. A apreensão aconteceu na BR-467.

Droga estava escondida sob os equipamentos da banda (Foto: Divulgação/PRF)
Segundo a polícia, a droga estava escondida no meio dos equipamentos dos músicos. Dois cães farejadores encontraram os fardos de maconha no fundo do veículo.

Até a publicação desta reportagem, os músicos ainda não haviam prestado depoimento. A polícia acredita que eles tenham conseguido a droga no Mato Grosso do Sul, pois haviam realizado um show na cidade de Maracaju e estavam retornando a Medianeira.

A PRF diz que provavelmente a droga seria entregue em Santa Catarina, já que a Banda Mil do Paraná tinha shows marcados no estado vizinho.

Os seis integrantes da banda foram presos em flagrante. A droga e os detidos foram encaminhados para a Polícia Civil de Cascavel, que deverá investigar o caso.

O G1 tenta contato com os representantes da banda, mas até a última atualização desta reportagem, ninguém atendeu o telefone.

Autazes: Políticos de olho nos futuros royalties de mineração no Amazonas

Há, pelo menos, três grupos políticos organizados para conquistar o cargo de prefeito de Autazes (AM) na eleição deste ano. O município poderá arrecadar, dentro de alguns anos, 15 milhões por ano em royalties de mineração, a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), caso o projeto da Potássio do Brasil se concretize na região.

Para efeito de comparação, a cidade de Rosário do Catete (SE), onde a Vale opera uma mina de cloreto de potássio similar àquela que a Potássio do Brasil quer construir em Autazes, foram recolhidos royalties no valor de R$ 4,7 milhões em 2015. Como a produção é de 600 mil toneladas por ano e o projeto da Potássio fala de até 2 milhões de toneladas por ano, pode-se dizer que a arrecadação pode chegar a R$ 15,7 milhões por ano, dos quais 65%, ou R$ 9,4 milhões ficam com o município produtor.

A mineradora Potássio do Brasil, ligada ao grupo Forbes Manhattan, disse que os investimentos podem chegar a US$ 2,5 bilhões. Se o valor se concretizar, o recolhimento de ISS pode ultrapassar US$ 37 milhões, cerca de US$ 118 milhões durante a fase de construção.

Um dos pré-candidatos é o prefeito em exercício, José Thomé Filho (PSD). O político foi o segundo colocado nas eleições de 2012 e alcançou o posto após seu rival, Raimundo Wanderlan Sampaio (SDD), ter o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que determinou o indeferimento do seu registro da sua candidatura e sua inelegibilidade por oito anos por ele ter mantido rádio clandestina, violando a legislação do setor de telecomunicações.

Thomé Filho também comandou a Prefeitura de Autazes de 2001 a 2004. No período em que governou, teve suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), julgadas em 2007. Ele recorreu e, posteriormente, o órgão aprovou as contas com ressalvas.

O prefeito cassado assume, na campanha eleitoral deste ano, um papel de coadjuvante e apoia um estreante no pleito, o deputado estadual Sabá Reis (PR). Sabá, que está em seu sexto mandato de deputado estadual, já estampa na capa de seu perfil do Facebook uma foto ao lado do escolhido para ser seu vice, o pastor Alberson Silva, com a seguinte frase: “A sabedoria da experiência e a força da juventude”.

Com o apoio do presidente estadual do Pros, governador José Melo, o terceiro pré-candidato à Prefeitura de Autazes é Andreson Cavalcante (Pros). Essa será a segunda vez que o político concorre ao cargo. Na briga pela prefeitura, Andreson já possui o apoio do PRB, do deputado federal Silas Câmara, do DEM, do também deputado federal Pauderney Avelino e o PSL, do ex-deputado estadual Tony Medeiros.

Assim como a maioria dos municípios do interior do Amazonas, Autazes depende dos repasses constitucionais do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A exceção à regra são Coari e Presidente Figueiredo que ganham royalties da exploração de petróleo e minérios, respectivamente.

O projeto da Potássio do Brasil, ainda sem data para sair do papel, visa extrair silvinita, minério que combina cloreto de sódio e cloreto de potássio, este último é uma das principais matérias-primas de fertilizantes, importado em larga escala pelo Brasil. O projeto inclui uma mina subterrânea, um porto e uma planta para separar o cloreto de potássio do cloreto de sódio. 

Com informações do jornal A Crítica.
Enviado para o blog pelo geólogo José Waterloo Leal

RBA invadida e equipamentos quebrados

Em pleno século 21 o Pará retrógrado e coronelista insiste em se mostrar .
A RBA TV, de Belém, (Rede Bandeirantes) teve sua sala de transmissão invadida por dois marginais que quebraram todos os aparelhos de transmissão da emissora, dia 14 passado, não levaram nada, renderam o funcionário e deixaram um prejuízo de 500 mil reais .
Algo absolutamente intolerável é inaceitável .
O estranhamento fica por conta do objetivo do crime, apenas destruir os aparelhos.
A pergunta é uma só ; a quem interessa isso ? (Marcelo Bacana)

MFP quer livre acesso de pajés a hospitais de Itaituba e Jacareacanga


Em documentos, MPF ressalta que indígenas devem ter respeitadas as concepções de mundo e cultura, assim como preservadas as práticas de saúde e medicina tradicionais. (Foto: Glauce Monteiro/G1 Pará)

O Ministério Público Federal (MPF) enviou às autoridades de saúde e às Prefeituras de Itaituba eJacareacanga, no sudoeste do Pará, três recomendações para melhorias no atendimento à saúde dos índios da tribo Munduruku. Uma das medidas tem como objetivo garantir o respeito às tradições culturais dos indígenas, permitindo que pajés tenham acesso liberado aos pacientes da tribo que estejam internados.

O direito de permanência dos pajés em hospitais é assegurado por lei, mas os índios denunciaram na 26ª Assembleia Geral do Povo Munduruku, realizada em abril de 2016 na aldeia Katõ, que este direito não estava sendo respeitado. Para evitar um processo judicial, o MPF emitiu a recomendação, instruindo os hospitais a funcionarem de acordo com a lei.

A presença dos pajes nos hospitais não significa que os índios deixarão de ser atendidos por médicos. O que o MPF busca é garantir o direito da cultura tradicional conviver com a medicina, permitindo acompanhamento espiritual dos pajés durante o tratamento nos hospitais.

Além da entrada liberada para os pajés, a promotoria também recomenda a presença de de intérpretes da língua Munduruku nos hospitais, e o fornecimento de alimentação tradicional das aldeias para os índios internados.

Reivindicação das tribos
No documento encaminhado pelo MPF no último dia 11 às Secretarias de Saúde de Itaituba e Jacareacanga e ao Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei), o órgão reforçou que devem ser "respeitadas as concepções de mundo e cultura e que observância das práticas de saúde e medicinas tradicionais são direitos assegurados aos indígenas".

As outras medidas recomendadas visam garantir o fornecimento de água potável para as aldeias Munduruku no alto e no médio Tapajós, com a instalação de poços artesianos e sistemas de captação de água, devido ao alto volume de contaminação por mercúrio nos rios e igarapés da região.

Segundo o MPF, a Sesai deverá apresentar cronograma detalhado, incluindo estudos de viabilidade, para ativação de poços já perfurados, implantação do sistema de captação e tratamento, no prazo de 90 dias, e projetos de implantação do sistema de abastecimento de água, no prazo de 180 dias. Às Prefeituras, o MPF requisitou que acompanhem e a apoiem a implantação do fornecimento de água.

Fonte: G1 Pará
Extraído do blog do Gilson Vasconcelos

PMDB decide lançar o ex-deputado Antônio Rocha pré-candidato a prefeito de Santarém

PMDB decide lançar o ex-deputado Antonio Rocha pré-candidato a prefeito de Santarém Batido o martelo: o ex-deputado estadual Antonio Rocha (foto )é o pré-candidato a prefeito de Santarém do PMDB.
O nome de empresário foi definido há pouco, em reunião na qual se faziam presentes o ex-prefeito Ruy Correa, o vereador Ronan Liberal Júnior, entre outros.
Segundo Antonio Rocha, a decisão tem o aval do ministro Helder Barbalho (Integração Nacional), presidente da legenda no Pará.
“Vamos agora tentar costurar uma aliança com o PT”, adiantou ao blog o peemedebista.
“Falei há pouco com o Paulo Rocha [senador petista] sobre nosso interesse. Queremos o PT como parceiros nessa disputa”.
PT e PMDB estiveram juntos na eleição municipal de 2008 e na de 2014.
Na quinta-feira, 21, o PMDB realiza pré-convenção, a partir das 19h, na sede do Veterano Esporte Clube, bairro da Aldeia, quando será oficializada a pré-candidatura de Rocha. (Blog do Jeso)

Doenças transmitidas pelo Aedes avançam no Pará, diz Sespa

A febre chikungunya também teve 160 notificações, contra 
apenas 14 no ano anterior

(Foto: Wikimedia Commons)
  Os casos de doenças propagadas pelo mosquito Aedes, que transporta os vírus causadores da dengue, zika e febre chikungunya, aumentaram em 2016 no Pará, de acordo com um levantamento feito pela Secretaria de Saúde do Pará (Sespa), que tabulou os casos notificados até o mês de junho.

Segundo a Sespa, em 2015 foram notificados 4.944 casos de dengue no estado, sendo que até junho de 2016 este número já chegou em 4.010. Os casos de zika superaram os do ano anterior: até junho foram 163 notificações, contra 42 de 2015. A febre chikungunya também teve 160 notificações, contra apenas 14 no ano anterior.

Por causa disso, a secretaria recomenda que, durante o mês das férias, a população tome cuidados redobrados com imóveis fechados, evitando deixar garrafas, latas e outros recipientes que possam acumular água parada em casa antes de viajar para os balneários do estado.

Orlando Lima resolveu seguir o conselho à risca. Ele está reformando sua casa, mas, antes de paralisar a obra e ir para a praia, ele faz uma vistoria no local. “Todo dia, no final da tarde, eu faço a limpeza. Arrecado tudo que tem pedaço de cano, saco plástico e boto em um quarto fechado. Tenho a preocupação de virar baldes de ponta cabeça e levar para o quarto coberto. Se todo mundo fizesse isso, estaríamos vivendo bem melhor. Nós temos condições de combater o mosquito da dengue”, afirma. (O Liberal)

Torcedores protestaram após eliminação na Série D

A eliminação precoce no Campeonato Brasileiro da Série D causou uma grande tristeza e revolta dos torcedores do São Francisco, que viram o time ser derrotado dentro de casa para o Palmas-TO, por 2 a 1 e cair na primeira fase do torneio.

Dirigentes, jogadores e o técnico Valtér Lima foram cobrados pelo torcedor franciscano após o fim do jogo, que resultou na eliminação do time santareno, que fez apenas cinco dos 18 pontos disputados na primeira fase.


O aproveitamento do Leão Santareno foi apenas de 27% na Série D, diferente dos 52% que o time teve na campanha do Campeonato Paraense, onde foi vice-campeão estadual.

segunda-feira, julho 18, 2016

Semana inicia com morte por acidente

Pelo WhatSaap fico sabendo de uma morte em local onde, inexplicavelmente, os acidentes se repetem com vítimas fatais.

A altura do km 4, próximo da Madeireira Climaco, um de uma moto com um pedestre resultou em uma morte e outro em estado grave.

Aconteceu pouco depois das seis horas da manha.

O que morreu pilotava uma moto Twister cor vermelha; o pedestre acidentado encontra-se no Hospital Municipal.

O pedestre foi socorrido pelos bombeiros, enquanto o corpo do outro permaneceu no local à espera do IML.

domingo, julho 17, 2016

Corinthians x São Paulo: 40 mil ingressos vendidos

Por conta da grande quantidade de ingressos comprados pela internet e ainda pendentes de confirmação, bilheterias não abrem pra venda de entradas neste domingo

Neste domingo (17), tem clássico Majestoso na Arena Corinthians. O Corinthians recebe o São Paulo em casa pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, às 16h. Até o fim da tarde deste sábado (16), 40 mil ingressos foram vendidos.
Devido à grande quantidade de ingressos comprados pela internet e que estão pendentes de confirmação, não haverá venda de entradas para o clássico entre Corinthians e São Paulo nas bilheterias neste domingo (17).
Os pontos de venda da Arena Corinthians vão abrir neste domingo (17) apenas para troca dos ingressos comprados pela internet através do site www.fieltorcedor.com.br/ingressos, a partir das 10h.
Fonte: Site do Corinthians

Porque o S. Paulo recusou seu carrasco Borja

Miguel Borja chegou ao Atlético Nacional pouco antes das semis da Libertadores
Borja, o carrasco tricolor, recusado
Carrasco do São Paulo na Libertadores, Miguel Borja foi avaliado e recusado neste ano justamente pelo São Paulo.
Autor dos quatro gols do Atlético Nacional no placar agregado contra o São Paulo (2 a 0 e 2 a 1), Borja foi oferecido ao time tricolor em maio, durante as quartas de finais da Libertadores, quando ainda não havia defendido nenhuma vez a equipe colombiana na competição.

Para contratar o atacante, o interessado teria de pagar aproximadamente US$ 2 milhões (R$ 6,5 milhões na cotação atual).

Borja já estava em alta quando foi oferecido ao São Paulo durante a Libertadores. Ele marcou 17 gols em 21 jogos do modesto clube colombiano Cortuluá na temporada.
De acordo com pessoas ligadas ao time do Morumbi, Borja foi avaliado no início do ano. Na ocasião, houve o entendimento de que o elenco tricolor já estava bem montado no sistema ofensivo.

O time tinha Kardec e Rogério, acabado de contratar Kieza e já estava apalavrado com Calleri por um valor acessível.

As passagens apagadas de Borja por times do exterior pesaram na recusa. O jogador defendeu sem sucesso o Livorno, da Itália, e Olimpo de Bahía Blanca, da Argentina.

Fora dos planos do São Paulo, Borja foi parar no Atlético Nacional. O atleta de 23 anos assinou com o agora finalista do torneio sul-americano em 15 de junho e fez sua estreia pelo clube justamente contra o São Paulo. (UOL Esportes)

Voltando a atualizar o blog, na medida do possível

Ausente de Itaituba, obviamente não é fácil manter o blog atualizado. Ainda mais estando com o notebook em manutenção como estava.

Felizmente ele foi devidamente recuperado, e na medida do possível volto a postar informações a partir de hoje.

A partir de sábado, 23, estarei de volta e atualizarei o blog como de costume. Enquanto isso, valho-me das notícias postadas pelos colegas, com o devido crédito.


Grande abraço a todos e obrigado por lerem este blog

Leiloando: Interessados de Itaituba fiquem atentos

A Receita Federal recebe a partir de amanha, propostas para o leilão de mercadorias apreendidas pela DRF de Santarém em conjunto com a RFB da  Segunda Região Fiscal.

Do amplo pacote a ser leiloado constam 233 lotes de mercadorias apreendidas.
São veículos leves, caminhões, motocicletas, eletrônicos, filmadoras, maquinários, autopeças e panos para redes de pesca.

O leilão está marcado para o dia 29 de julho na Delegacia da Receita Federam em Santarém, mas, os interessados devem registrar suas propostas até o dia 28 junto ao Sistema Eletrônico (SLE) na página virtual da Receita Federal.  (Repórter Diário)

Instituições convocam audiência pública com afetados pelo naufrágio do navio Haidar, em Barcarena/PA

Será debatida uma proposta de acordo com as empresas responsáveis pelo acidente em que mais de cinco mil bois morreram, contaminando praias e águas na região

Instituições convocam audiência pública com afetados pelo naufrágio do navio Haidar, em Barcarena/PA
Mancha de óleo chegou às praias de Barcarena após o
naufrágio. Foto: Ascom/MPF-PA
O Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), a Defensoria Pública da União (DPU) e a Defensoria Pública do Estado do Pará (DPE) promoverão no próximo dia 26 uma audiência pública em Barcarena, no Pará, com os afetados pelo naufrágio do navio Haidar. Em outubro de 2015, o navio de bandeira libanesa afundou durante o embarque da carga de bois vivos no Porto de Vila do Conde, matando cerca de 5 mil bois. 

A audiência pública deverá debater a possibilidade de um acordo entre os atingidos e algumas das empresas envolvidas no acidente. Estão sendo feitas negociações com a Companhia Docas do Pará (CDP), responsável pelo porto e Global Norte Trade e Minerva, responsáveis pela operação portuária e pelos bois, para que sejam pagos os danos sociais de caráter coletivo. 

O navio está afundado no porto até hoje. Dos quase 5 mil bois mortos, uma parte se desprendeu do casco do navio logo após o acidente, indo dar nas praias de Barcarena, um local de visitação turística próximo da capital paraense. Nos dias que se seguiram ao naufrágio, a população teve que deixar suas casas, andar com máscaras para respiração e fechar os locais de comércio.

Uma parte dos bois mortos apodreceu dentro do casco do navio, liberando subprodutos da decomposição nas águas da região. Outra parte foi retirada pelas empresas e enterrada em local próximo ao porto. Parte dos 700 mil litros de óleo diesel que estavam no Haidar vazaram para as águas, mas a maior parte foi retirada pelos responsáveis. 

As consequências para o meio ambiente e para a vida no entorno foram graves. No caso dos danos ao meio ambiente, o MPF entrou com uma ação judicial, que tramita na 9a Vara Federal em Belém, pedindo indenizações de R$ 71 milhões. No caso dos danos aos moradores, as indenizações podem ser resolvidas em acordo. Esse é o tema da audiência pública, que vai ocorrer na sede da igreja Assembleia de Deus, em Barcarena. 


Serviço
Audiência pública sobre o naufrágio do Haidar
Local: Sede da igreja Assembleia de Deus, Rua Lourenço Gomes, Quadra 274, Lote 18, Vila dos Cabanos, município de Barcarena/PA
Data: 26 de julho de 2016
Horário: A partir de 9h

Clima esquenta entre Von e Nélio

A campanha nem foi iniciada oficialmente e o clima já esquenta entre os dois
Resultado de imagem para fotos de nélio aguiar 
Primeiro foi Nélio quem deu entrevista a um jornal de Santarém ao qual acusou Von de ser muito centralizador em sua administração.

Na pré-convenção do PSDB, ontem, Alexandre Von mandou um recado para Nélio Aguiar, dizendo que não é pau mandado de ninguém, nem é covarde.


É apenas o pontapé inicial.