quinta-feira, setembro 21, 2017

Peninha homenageou Nicias

Na sessão de terça-feira, emocionado, o vereador Peninha subiu à tribuna com um discurso escrito para prestar uma homenagem a um político falecido semana passada, com o qual teve grande ligação.

Homem simples, honesto e determinado.
Colegas Vereadores, Vereadoras.
Na sessão de hoje, quero fazer uma homenagem a um homem, que dedicou sua vida ao Pará, usando a Politica como instrumento da solução dos problemas do povo.

Conheci Nicias Lopes Ribeiro, nos anos de 1986, quando andava pela Transamazônica, mas precisamente na região de Rurópolis para criar aquele município.

Um certo dia, fui convidado pelo empresário Manoel Costa Souza, o Goiano, para ir até sua fazenda para participar de uma reunião,, reunião essa que serviria para tratar assunto sobre a criação do município de Rurópolis.

Ao chegar ali, estava o deputado estadual Nicias Ribeiro. Fui apresentado a ele. Como na época eu trabalhava como jornalista, entrevistei Nicias. Na conversa, perguntei a ele, porque só criar o município de Rurópolis, desmembrando de Aveiro e não dividimos Itaituba, que a época era o maior município em extensão territorial do mundo, com 165.578 Km quadrados.

O então deputado me deu a seguinte resposta: meu caro repórter, para isto acontecer, preciso que em Itaituba tenha um politico de coragem para encabeçar esta luta. Você bem que podia fazer isto. Entre na politica e quando estiver na politica me procure que juntos vamos dividir Itaituba, criando os municípios que forem possíveis.

Aquelas palavras, me chamaram a atenção.

Em 1988, me candidatei a vereador e fui eleito pelo PTB. Assumi o mandato em 1º de Janeiro de 1989. Dias após assumir o cargo de vereador fui a Belém e procurei o deputado Nicias Ribeiro em sua casa. Disse a ele. Deputado, sou vereador e vim aqui pedir seu apoio para criarmos os municípios de Jacareacanga, Crepuri, Novo Progresso e Trairão. Foi quando começou nossa luta pela divisão territorial do município de Itaituba.

A luta foi árdua e Nicias Ribeiro foi um dos grandes lutadores pela criação destes municípios. No plebiscito conseguimos criar Jacareacanga, Novo Progresso e Trairão.

Nossa luta não acabou aí. Com a criação dos municípios, Nicias passou a ser um deputado frequente na região. Lutou pela criação das comarcas de Jacareacanga e Novo Progresso. Conseguiu junto o então governador Jader Barbalho a compra do prédio para o funcionamento do 15º BPM em Itaituba.

Conseguiu a compra do prédio, onde hoje funciona a Secretaria Municipal de Saúde, conseguiu a compra do prédio para a instalação do IPASEP em Itaituba. Conseguiu a compra do prédio para a instalação da Justiça do Trabalho em Itaituba. Mas uma das suas grandes lutas, foi pelo Tramoeste, trazendo energia de Tucuruí para a região Oeste do Pará.

Era um dos grandes lutadores pelo asfaltamento das rodovias Cuiabá Santarém e Transamazônica e mesmo não tendo mandato eletivo trabalhava pela construção do complexo de hidrelétricas do Tapajós.

Nicias Ribeiro morreu, mas sua historia ficará na eternidade da região, pela suas lutas e conquistas.
Neste momento em que o Pais passa, POUCOS HOMENS PUBLICOS, podem ser NICIAS RIBEIRO. Honesto, Serio, Responsável. Nunca respondeu a nenhum processo em sua vida publica. Nunca fez nada por dinheiro, mas por amor ao Pará.

Amigo, me orgulho ter lhe conhecido.
Me orgulho ser seu amigo
Me orgulho ser seu compadre
O que nos ensinou, jamais esqueceremos.

Valeu..

Descanse em Paz.

Publicação de Edital


Crimes ambientais no oeste do Pará serão combatidos com droneA Polícia Federal (PF) em Santarém recebeu nesta quarta-feira (20/09) um reforço para o planejamento de operações e para o levantamento de dados sobre crimes ambientais e outras ilegalidades cometidas na região: um drone com capacidade para obtenção de imagens aéreas. O equipamento foi adquirido por meio de multas resultantes de transações penais propostas pelo Ministério Público Federal (MPF) em diversos processos que tramitam na Justiça Federal em Santarém.

O drone adquirido é um Phantom 4 Pro, que vai permitir uma significativa melhora na quantidade e qualidade das informações periciais, explica o chefe da unidade de perícia da PF em Santarém, Gustavo Caminoto Geiser. O trabalho de investigação vai ser auxiliado tanto na facilitação do levantamento de dados em campo, por meio dos sobrevoos do aparelho, quanto pela qualidade dos dados que as imagens permitem obter.

Pelas imagens que o drone é capaz de produzir será possível aos peritos da PF obter informações que antes não seriam registradas apenas com imagens de satélite. Por permitir uma leitura em três dimensões do conjunto de imagens que registra, o drone e um software de processamento – o Agisoft PhotoScandas - vão permitir a identificação, para dar um exemplo, da profundidade das cavas feitas em garimpos ilegais da região do Tapajós. O programa de informática próprio para o processamento dos dados levantados pelo drone permitirá a construção de mosaicos de fotos, o que resultará no mapeamento de grandes áreas.

Além de Santarém, a PF em Vilhena (RO) e Sinop (MT) terão prioridade para uso do equipamento. E, por ter uma tecnologia de ponta, o software associado ao drone adquirido pela PF em Santarém também será utilizado por unidades da PF em todo o país, além de Vilhena e Sinop. "É por meio de soluções criativas e de parcerias como essas que podemos construir estratégias efetivas de combate à degradação ambiental na região", comemora o procurador da República Camões Boaventura, um dos membros do MPF que propuseram as transações penais que patrocinaram a compra do drone.

Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

Hospital Regional vai chamar atenção para doação de órgãos

O Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) vai realizar uma programação especial nesta sexta-feira, 22/9, em virtude do mês do doador de órgãos. A equipe da Organização de Procura de Órgãos (OPO) montou um estande para orientar usuários, visitantes e colaboradores sobre a importância do ato e como é o processo de captação e transplante. Serão realizadas simulações de potenciais doadores, palestras e orientações, além de distribuição de material informativo sobre o tema.

O movimento “Setembro Verde”, realizado em todo o país, busca estimular a doação de órgãos e tecidos. O Dia Nacional de Doação de Órgãos será lembrado no dia 27/9, com 
uma blitz educativa em frente à unidade.

A OPO tem investido na conscientização da população e na detecção mais rápida e precisa dos casos de mortes encefálicas aptos para doação. Morte encefálica é a parada definitiva e irreversível do cérebro e tronco cerebral, provocando em poucos minutos a falência de todo o organismo.

Para que uma doação seja concretizada, a família do doador deve autorizar o procedimento. Por isso é importante expressar, em vida, o desejo de doar órgãos e tecidos. Podem ser doados órgãos: rim, fígado, coração, pâncreas e pulmão; e tecidos: córnea, pele, ossos, válvulas cardíacas, cartilagem, medula óssea e sangue de cordão umbilical.
De 2012 (quando iniciaram as captações em Santarém), houve 17 doações, com 77 captações de órgãos e tecidos. Foram 33 córneas, 32 rins, oito fígados e quatro corações.

Joab Ferreira - Ascom/HRBA

Fernanda Lima tem habilitação suspensa por causa de multas

Fernanda Lima tem habilitação suspensa por causa de multas (Foto: Reprodução) Só Rodrigo Hilbert pode dirigir na casa de Fernanda Lima, pois a apresentadora teve a carteira de habilitação suspensa por excesso de multas, acumulando um total de 28 pontos.

Fernanda foi parada em uma blitz no Rio de Janeiro, e teve o carro apreendido, foi preciso que o marido, que está com a habilitação em dia, fosse até o local retirar o seu veículo.

No último dia 15, foi registrado o bloqueio da carteira no Detran. Se for pega dirigindo, sendo parada numa blitz ou cometendo alguma outra infração de trânsito, Fernanda Lima pode ter o direto de dirigir cassado por até dois anos.
---------------------
Nota do blog: Essa é a mesma que vive querendo dar lição de moral de Sílvio Santos, em seu programa na Globo, chamando-o de machista.

quarta-feira, setembro 20, 2017

Projeto de Lei para cessão da Escola Castelo Branco, sem ônus, para a FAMAP, gerou muita discussão na Câmara

O que prometia, em princípio, ser uma reunião amena para tratar da instalação de mais uma faculdade em Itaituba, a Faculdade Master de Parauapebas - FAMAP, transformou-se numa discussão acalorada, mas, sem que ninguém ultrapassasse a linha do respeito.

O burburinho foi grande por conta de um projeto de lei apresentado pelo vereador Wescley Tomaz, pelo qual a prefeitura de Itaituba poderia ceder, sem ônus, as dependências da Escola Municipal Castelo Branco para abrigar a citada faculdade.

Depois que o blog do Jota Parente publicou uma matéria a respeito do assunto, na tarde de ontem, houve uma reação em cadeia, com muitas, mas, muitas manifestações, a maioria bombardeando o vereador, mas, houve quem defendesse.

À noite, vereadores, uma representante da FAMAP, o secretário de educação do município, a direção da Escola Castelo Branco e diretores das faculdades FAI e FAT compareceram e participaram da reunião.

Como presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final, o vereador Davi Salomão presidiu os trabalhos, chamando inicialmente para justificar seu projeto, o vereador Wescley Tomaz, que durante 10 minutos discorreu sobre os motivos que o levaram a apresentar o PL.

Disse o vereador, que o prefeito Valmir Climaco tinha conhecimento da intenção dessa faculdade de instalar-se em Itaituba, desde o começo.

Depois, foi convidado o secretário de educação, Amilton Pinho para usar a palavra, o qual, que afirmou que não tem fundamento o boato de que a Escola Castelo Branco seria fechada por falta de alunos.

Afirmou o secretário, que existe projeto para que essa escola funcione em regime de tempo integral, além do que, o número de alunos cresceu e deve voltar a crescer.

Davi Salomão, após a fala de Amilton, passou a palavra para o professor Abel Sá, diretor da FAI, que entre todos os oradores foi o mais contundente.

Como existem boatos de que o vice-governador Zequinha Marinho seria o dono dessa faculdade, o professor Abel citou seu nome, dizendo que ele investiu 21 milhões de reais em Parauapebas, município sede da mesma, para implantá-la, e agora, ela quer local de graça em Itaituba.

“Comprem um terreno, construam e botem para funcionar”, afirmou o professor.

Ele falou que o vice-governador só pode ser dono, ou sócio dessa faculdade que quer se instalar aqui.

Ele lembrou, que quando A FAI estava tentando começar suas atividades, a Câmara aprovou um projeto de lei que foi sancionado pelo então prefeito Wirland Freire, cedendo em regime de comodato, por cinco anos, o espaço da Escola Municipal Maria da Consolação Cerqueira.

Quando foi mandada a documentação para o MEC, constando esse local como o escolhido para começar os trabalhos, a resposta foi de que não haveria autorização por se tratar de um prédio público. Foi preciso conseguir um lugar particular, a Escola Anchieta, para iniciar os primeiros cursos.

A FAI tem, hoje, cerca de150 funcionários, paga os seus tributos e investe tudo em Itaituba, ressaltou o diretor da instituição, que disse ainda, que não tem nada contra que qualquer outra faculdade se instale em Itaituba, desde que nas condições que as demais enfrentaram e enfrentam.

“Essa matéria é inconstitucional. Eu fui vereador, e sei que esse projeto de lei que o vereador apresentou deveria ser iniciativa do Executivo, porque implica em gerar despesa para o município. Solicito que a Câmara não dê andamento nele, e se for aprovado, que o prefeito o vete”, concluiu o diretor da FAI.

A professora Jussara Whitaker, diretora da FAT, referindo-se a uma afirmação feita pela representante da FAMAP, quando foi feita a apresentação da instituição, que melhorar a qualidade da cidadania, a FAI e a FAT já estão trabalhando nisso há vários anos. Ela falou que acha, no mínimo, uma grande falta de respeito uma instituição vir aqui dizer que vem com a galinha dos ovos de ouro.

“Que venham novas instituições, mas, que paguem o preço que pagamos, pois somente de aluguel a FAT paga R$ 17 mil todo mês”, afirmou a diretora.

O presidente da Associação Empresarial, Fabrício Schuber, cobrou isonomia no tratamento.

“Cada uma das faculdades anteriores que se instalaram no município teve dificuldade para se implantar, e essa nova instituição que é bem-vinda, não deve receber tratamento diferenciado”, disse Fabrício.

O prefeito Valmir Climaco começou sua fala afirmando que é importante que venham novos cursos, novas faculdades.


“Vamos sentar para conversar, com o vereador, com a direção da faculdade, más é preciso que fique bem claro, que não vai ter benefício desse tipo que está sendo proposto. Precisamos de mais faculdades, mas, que paguem seus tributos”. Venham para cá, comprem terreno e construam, pois, o município não tem condições de emprestar escola pública para ninguém”, concluiu o gestor.

Publicação de Editais



Caso da feira: Jorge Luiz Machado agradece pelo apoio...

Quero aqui em nome de todos os empresários de Itaituba e região, agradecer ao apoio dado pelo Procon, Secretaria de Administração, Diretoria de Tributos e Fiscais, Senhor Secretário Israel Santos, Procuradoria do Município, Associação Comercial (Fabrício Schuber ), Sindilojas (Adriana), CDL (Patrick), Srs. Vereadores, Sr. Vice Prefeito Nicodemos Aguiar, e principalmente ao apoio irrestrito de S. Excelência Prefeito Municipal Valmir Climaco.

Unidos iremos proteger o comércio local de Piratas que vem para nosso município com intuito de ganhar sem investir. Isto precisa mudar.


Este tipo de Feira está sendo proibida em vários municípios do Estado do Pará, os Governantes e Associações estão se mobilizando de forma justa e ordeira para coibir definitivamente este assoreamento da economia local.

Jorge Luiz Machado
Empresário

Publicação de Edital


Entidades de classe do comércio e empresários reagem contra feira

CDL, SINDILOJAS e ASEII, e empresários em geral, vão se encontrar daqui a pouco, a partir de 08:30, no setor de tributos para prefeitura de Itaituba.

De lá, acompanhados de funcionários da diretoria de tributos, seguirão para o local onde está previsto acontecer a venda de muitos produtos oriundos de São Paulo, em uma grande feira, que tem gerado muita preocupação para o comércio local.

Está marcada para ser realizada no Vila Fest, na Transamazônica, próximo ao 15ª BPM.

Qual é o motivo da preocupação?

A preocupação é com a concorrência desleal que se estabelece, pois, sem pagar nenhum tipo de tributo, esse pessoal pode vender seus produtos a preços muito mais baixos do que o comércio local, provocando uma grande sangria de dinheiro que deveria circular na economia de Itaituba.

Como se fala que até produtos importados serão oferecidos, também a Polícia Federal foi informada e deverá ir ao local.

O empresariado está sendo convocado a dar apoio para suas entidades de classe, pois se trata do interesse de todos, mesmo dos que não são filiados.

terça-feira, setembro 19, 2017

Generais Etchegoyen e Mourão servem às privatizações de lesa-pátria e ao hipotético golpe militar

"Atenção generais Sérgio Etchegoyen e Antônio Hamilton Mourão: os marechais legalistas Henrique Lott e Odílio Denis e os generais legalistas Dias Lopes e Pery Bevilacqua mandaram a vossas excelências aquele abraço. Para não esquecer..."

Não é a primeira vez que os generais Sérgio Etchegoyen e Antônio Hamilton Mourão dão declarações estapafúrdias, mas políticas, assim como de conotações golpistas e até mesmo privatistas, porém, indubitavelmente, perigosas para um País que está aceleradamente prestes a deixar de ser dono de seu parque industrial privado e público, sendo que o pior desse processo irresponsável e entreguista é que as empresas estatais brasileiras, inúmeras delas vinculadas ao conhecimento tecnológico e científico, ficarão sob a posse de governos estrangeiros e da iniciativa privada de capital internacional.

E por que esta loucura perpetrada por moleques acontece? Porque simplesmente uma quadrilha de ladrões e usurpadores tomou o poder de assalto e decidiu, com a cumplicidade e a aquiescência do STF, da PGR, do Congresso e das Forças Armadas, pelo o que se está a perceber, que o Brasil abre mão de suas empresas estratégicas e de seu mercado interno para se tornar um País que retrocedeu à Velha República, porque o Império, a despeito da terrível e desditosa escravidão, não foi tão subordinado, servil, antinacionalista e antipopular perante os países hegemônicos.

A verdade é que os homens e as mulheres do desgoverno ilegítimo do pária e traidor, *mi-shell temer, deveriam ir à cadeia, sendo que em alguns países mais sérios do que a Banânia terceiro-mundista tais indivíduos da pior qualidade seriam presos, demitidos para o bem do serviço público e, quiçá, fuzilados, como ocorreu recentemente na Turquia do presidente eleito Tayyip Edorgan. (247)

Publicação de Edital


CNT/MDA: Lula lidera contra todos; Bolsonaro se firma em 2º

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera em todos os cenários de eleição para presidente da República, seja para o primeiro, seja para o segundo turno, apontou pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira.

O levantamento aponta ainda uma consolidação do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) no segundo lugar das simulações, apontou o presidente da CNT, Clésio Andrade, e um alto índice de rejeição a todos os nomes colocados, o que pode favorecer o surgimento de um nome pouco ligado à política, um "outsider'.

"Um ponto importante nesses dados é que o Lula ganha em todos os cenários, tanto de primeiro quanto de segundo turno, Jair Bolsonaro consolida em segunda posição e a situação muito crítica do Aécio (Neves, do PSDB de Minas), praticamente fora do jogo", disse o presidente da CNT.

Segundo a pesquisa, Lula é o primeiro colocado na resposta espontânea, com 20,2% dos votos, enquanto Bolsonaro ocupa a segunda posição com 10,9%, seguido do prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), com 2,4%.

O nome da ex-senadora Marina Silva (Rede) foi lembrado por apenas 1,5% dos entrevistados, enquanto o governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) por apenas 1,2% cada.

Nas perguntas estimuladas, em que nomes pré-determinados são oferecidos aos entrevistados, Lula também é o que recebe a maior parcela de votos. No primeiro cenário de primeiro turno, Lula teria 32,4%, seguido de Bolsonaro com 19,8%, e de Marina com 12,1.

Aécio aparece em quinto lugar com apenas 3,2%, atrás de Ciro que tem 5,3%. Até um tempo atrás favorito para ser o candidato tucano, o senador mineiro Aécio chegou a ser afastado do mandato em maio por decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo, após ser gravado em uma conversa com o empresário Joesley Batista na qual teria pedido R$ 2 milhões para pagar os advogados que fazem sua defesa em inquéritos na Justiça.

O tucano melhor colocado nas pesquisas é Doria, que angaria 9,4% dos votos na quarta colocação em um cenário de primeiro turno que traz Lula na liderança com 32,7%, Bolsonaro em segundo com 18,4 e Marina com 12%.
No cenário em que o candidato do PSDB é Alckmin, o governador paulista também fica em quarto lugar, com 8,7% dos votos. Com 32%, Lula lidera, seguido de Bolsonaro, com 19,4%, e de Marina com 11,4%.


Nas simulações de segundo turno, Lula venceria Bolsonaro por 40,5 a 28,5%; Doria, por 41,6 a 25,2%; Alckmin por 40,6 a 23,2% e Aécio por 41,8 contra 14,8%. (Portal Terra)

Publicação de Edital


Vereador vai propor cessão da Escola Castelo Branco para faculdade particular

Está marcada para as 19:00 de hoje, uma reunião na Câmara Municipal de Itaituba, para discutir uma matéria, no mínimo, muito polêmica.

Trata-se de um projeto de lei de autoria do vereador Wescley Tomaz com o objetivo de ceder a Escola Municipal Castelo Branco, situada na Vila Caçula, para uma faculdade particular de Ananindeua.

O Poder Executivo, com o qual o blog teve acesso, já informou que é contra, e que se o projeto de lei for apresentado e aprovado, vai vetar.

No entendimento da Procuradoria Geral do Município, esse tipo de iniciativa não caberia ao Poder Legislativo, sendo prerrogativa do Executivo.

É um projeto de lei que já suscita discussão e discórdia, mesmo antes de ser apresentado.


Observação: de acordo com a informação à qual o blog teve acesso, a cessão seria sem ônus para a faculdade, que é particular.

Gol de Jô com o braço, contra o Vasco, faz CBF antecipar uso de árbitro de imagens na Série A

Show joO Campeonato Brasileiro deve ter o uso do árbitro de vídeo já na rodada do próximo final de semana. Nesta segunda-feira, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, solicitou à Comissão de Arbitragem o uso "o quanto antes" do recurso. A medida é uma tentativa de resposta aos "graves erros" de arbitragem nas últimas rodadas, sobretudo o gol de mão do atacante Jô, que garantiu a vitória do Corinthians sobre o Vasco, no domingo.

Segundo o Estado apurou, o recurso de vídeo só não será implantando na próxima rodada se houver algum empecilho de ordem técnica. Por determinação da Fifa, as imagens que serão utilizadas pelos árbitros serão as mesmas geradas pelos detentores dos direitos de transmissão. Assim, o replay mostrado pela TV será o mesmo usado pelo juiz da cabine. Todas as partidas da rodada terão uso do recurso.

A intenção da CBF era implantar o sistema para testes nas últimas rodadas do Brasileirão, para que fosse incluído no regulamento do campeonato do próximo ano. Mas a péssima repercussão do gol de Jô sobre o Vasco, além de outros lances que foram motivo de discórdia nas últimas rodadas, está fazendo a CBF antecipar o uso do equipamento.

Em junho, a entidade havia sugerido que o árbitro de vídeo ficaria apenas para 2018 pelo temor de ações nos tribunais, justamente pelo fato de o recurso não estar previsto no regulamento do Brasileirão deste ano e, mais do que isso, não ter sido usado para rever erros desde o início do campeonato.

Curiosamente, um dos primeiros defensores do sistema ainda este ano foi justamente o atacante Jô. Na oitava rodada, ele teve um gol mal anulado no empate sem gols com o Coritiba, fora de casa. Na ocasião, o atacante corintiano eximiu o trio de arbitragem pelo erro, mas questionou a ausência do uso do monitor.

"Se pode ser usado o vídeo no futebol, por que não usar? Em alguns jogos usam, em outros não", comentou à época. "Não poderiam escolher jogos ou lances, deveria ser utilizado sempre e todo time deveria ter o direito de usar. Se tem isso, é para melhorar o futebol e tudo que tem esse objetivo eu apoio", sustentou. (Estadão)

Professores avaliam rumos da greve nesta terça

Na manhã desta terça-feira (19) trabalhadores na rede estadual de ensino se reúnem em assembleia geral para deliberar sobre os rumos do movimento de greve iniciada no último dia 14. A assembleia será realizada na na sede do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários no Estado do Pará, na rua 28 de Setembro, no bairro do Reduto, em Belém. 

Segundo Williames Silva, diretor de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Públicas do Pará (Sintepp), ao longo desse tempo, o movimento grevista realiza diversas atividades de mobilização nas escolas. Esteve ainda na manhã do último domingo (17), na Praça da República, no bairro da Campina para informar à população sobre as suas reivindicações. Também como atividade de greve, na manhã de ontem, a categoria se dirigiu à Casa Civil, localizada na avenida Doutor Freitas, no bairro do Marco, para tentar audiência com o governador do Estado, Simão Jatene. 

“Desde a semana passada o Sintepp solicitou, via ofício, reunião com o governador do Estado e (ontem) fizemos manifestação em frente à Casa Civil para que o governador Simão Jatene pudesse nos receber, mas nossa comissão não foi recebida de novo.

Queremos avaliar com o governo ponto a ponto das nossas 12 reivindicações, das quais sete estão voltadas para os alunos da rede pública de ensino do Estado. Esperamos que o governo sinalize com a intenção de discutir as pautas. Como não fomos recebidos, na assembleia vamos avaliar os rumos da mobilização e definir se a greve continua ou não.

O Sintepp defende a manutenção da paralisação, mas vamos discutir com a base”, afirmou Silva. 

O dirigente do Sintepp esclareceu ainda que o movimento ainda está no início e busca sensibilizar as escolas às reivindicações da categoria. “Muitas escolas nos sinalizaram a necessidade de encerrar o calendário de provas para iniciarem a greve. A proposta do governo encaminhada ao Conselho Escolar foi reduzir de 200 para 160 dias o calendário letivo, contrariando, assim, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, a 9394/1996, e isso significa redução de 20% nas aulas, ou seja, um bimestre.


A redução é um prejuízo aos alunos e aos professores, que sempre são responsabilizados pelo insucesso do aluno em relação ao aprendizado e que trabalha sem as mínimas condições e sem valorização nas salas de aulas”, criticou. 
O presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores nos Fiscos Estaduais (Fenafisco) Charles Alcântara ingressou, ontem (18), com representação no Ministério Público Estadual contra o secretário de Estado da Fazenda, Nilo Noronha. A ação tem como base a Lei da Transparência. No dia 17 de julho deste ano, Alcântara solicitou, por meio de ofício, informações sobre o chamado Regime Tributário Diferenciado (RTDs) que reduz o imposto de empresas em mais de 80%, mas até hoje não teve retorno. 

O principal questionamento é com relação ao valor da renúncia fiscal. Ou seja, quanto deixou de entrar nos cofres públicos em razão dos benefícios concedidos às empresas. Até agora, a Secretaria não havia liberado a informação. Cálculos feitos por técnicos do gabinete do deputado estadual Iran Lima estimam que o Estado pode ter deixado de receber cerca de R$ 15 bilhões em 10 anos. 


A Sefa chegou a informar que o número de empresas beneficiadas era de 1,2 mil, mas corrigiu o dado. Ontem, informou que são 660. Algumas, segundo a Sefa, têm mais de um benefício, daí o total de 1,2 mil atos de concessão. A Secretaria não divulga, contudo, a lista de quem ingressou no RTD, tampouco o valor do imposto que deixou de ser arrecadado. Sabe-se, por exemplo, que entre as beneficiárias está a JBS, empresa que ganhou fama nacional em meio aos escândalos da Lava Jato e que doou cerca de R$ 500 mil para a campanha de Simão Jatene na disputa ao Governo do Pará em 2014. 

(Diário do Pará)

segunda-feira, setembro 18, 2017

A polícia tem agido e tirado muitos bandidos de circulação

Uns podem dizer que não faz mais do que sua obrigação, mas, eu, que nunca tive nenhum problema em elogiar ou criticar quem quer que seja, no desempenho de minha profissão, tanto de radialista, quanto de jornalista, faço questão de registrar o empenho que a polícia, de modo especial, a Militar, tem feito para diminuir o índice de violência em Itaituba.

As rondas tem sido ostensivas e frequentes, não dando tréguas aos bandidos, que diferentemente do que estava acontecendo até poucos semanas, não estão tendo mais vida mansa.

Diversos deles foram tirados de circulação e estão atrás das grades.

O que se espera é que a Justiça seja célere e dura com esses bandidos que tem tirado o sossego das famílias itaitubenses.

Isso, no que pese as deficiências que as duas polícias tem, no que tange à falta de uma melhor estrutura para fazer o seu trabalho.

A sociedade tem o dever de cobrar que os órgãos de segurança pública ajam com presteza, sobretudo as policiais, de quem é cobrada ação imediata. Porém na mesma medida, deve cobrar dos representantes públicos eleitos pelo voto direto, em qualquer nível, maior emprenho para conseguir melhorar as condições de trabalho desses servidores públicos que tem a responsabilidade de cuidar da nossa segurança.

Até semana passada, tanto o blog, quanto o Jornal do Comércio e no programa o Assunto É Este, eu vinha cobrando com veemência uma ação mais eficaz da polícia. Agora, que ela está acontecendo, é hora de apoiar no que for possível.


Jota Parente

Prefeito Valmir Climaco diz que situação das finanças da saúde é crítica

Resultado de imagem para Fotos de valmir climacoBlog do Jota Parente – O prefeito Valmir Climaco disse sábado passado, em entrevista ao programa O Assunto É Este, na Alternativa FM, que no começo desta semana vai convidar os membros do Conselho Municipal de Saúde e do Sindsaúde, para discutir a situação do setor, que vive um momento crítico no município por causa da escassez de recursos...

Valmir – A situação da saúde no município de Itaituba é muito crítica, no que diz respeito às finanças. Eu tenho conversado muito com o secretário de saúde, Iamax Prado, cobrando o máximo de economia. Só para se ter uma noção, a conta de energia do Hospital Municipal, mês passado, foi de R$ 39 mil. Foi aumentado o número de centrais de ar, aumentou a demanda em outros setores, e isso faz a conta crescer. O município paga cirurgiões caríssimos, hoje. Três estão direto, como os médicos Benigno Reges, Manoel Diniz e Natália.
            Nós já cortamos grande parte da despesa com aeronave, já diminuímos a despesa com TFD comprando o micro-ônibus e vamos ver onde mais dá para diminuir. Estamos tendo de remanejar recurso de um lado para o outro, da saúde, para que os serviços não parem.
            O prefeito Nélio Aguiar me disse, em Santarém, que deverá diminuir em cerca de 40% a verba empregada, em consequência da terceirização da saúde naquele município. Em princípio, eu não sou a favor da terceirização, mas, precisamos conversar para tentar encontrar uma solução para essa situação.
            A demanda aumentou demais. Há dias em que tem sido feitas mais de dez cirurgias. Temos o problema dos municípios da nossa região, que mandam seus pacientes para Itaituba, que são atendidos, inclusive com cirurgias, sem que as prefeituras como de Trairão, de Aveiro e de Jacareacanga, encaminhem, se quer, um TFD. Isso não pode continuar desse jeito.

A UPABlog do Jota Parente – Qual a previsão para a UPA começar a funcionar?


Valmir – A obra está pronta e já temos mais de 70% dos equipamentos adquiridos. Falta uma parte, de ume emenda do deputado Francisco Chapadinha, que foi direcionada para o governo do Estado, para esse licitar e encaminhar para Itaituba. Até agora o governo não fez a licitação, o que está atrasando. Já conversei com o secretário de saúde do Estado, falei da urgência disso, e ele se comprometeu a tomar as providências cabíveis para licitar logo a compra do material com o dinheiro da emenda do deputado Chapadinha.

O Casamento de Batista e Dayana

Sábado, 16 de setembro, o casal João Batista e Dayana realizaram seu enlace matrimonial.

O celebrante foi o pastor Genésio, e a cerimônia teve como local o clube Caçador, na margem esquerda do rio Tapajós.

Foi um acontecimento muito bonito, ao qual estiveram presentes os familiares e os amigos mais próximos do casal.

As lentes do blog do Jota Parente e do Jornal do Comércio estiveram registrando esse momento ímpar da vida dos dois.







General do Exército ameaça 'impor solução' para crise política no país

General do Exército ameaça 'impor solução' para crise política no país (Foto: Divulgação/Exército) O general da ativa no Exército, Antônio Hamilton Mourão, secretário de economia e finanças da Força, afirmou, em palestra promovida pela maçonaria em Brasília na última sexta-feira (15), que seus "companheiros do Alto Comando do Exército" entendem que uma "intervenção militar" poderá ser adotada se o Judiciário "não solucionar o problema político", em referência à corrupção de políticos.

Mourão disse que poderá chegar um momento em que os militares terão que "impor isso" [ação militar] e que essa "imposição não será fácil". Segundo ele, seus "companheiros" do Alto Comando do Exército avaliam que ainda não é o momento para a ação, mas ela poderá ocorrer após "aproximações sucessivas".

"Até chegar o momento em que ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso."

O general afirmou ainda: "Então, se tiver que haver, haverá [ação militar]. Mas hoje nós consideramos que as aproximações sucessivas terão que ser feitas". Segundo o general, o Exército teria "planejamentos muito bem feitos" sobre o assunto, mas não os detalhou.

Natural de Porto Alegre (RS) e no Exército desde 1972, o general é o mesmo que, em outubro de 2015, foi exonerado do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre, pelo comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, e transferido para Brasília, em tese para um cargo burocrático sem comando sobre tropas armadas, após fazer críticas ao governo de Dilma Rousseff. Um oficial sob seu comando também fez na época uma homenagem póstuma ao coronel Brilhante Ustra, acusado de inúmeros crimes de tortura e assassinatos na ditadura militar.

A palestra de sexta-feira (15) foi promovida por uma loja maçônica de Brasília e acompanhada por integrantes do Rio de Janeiro e de Santa Catarina, entre outros. Segundo o vídeo de duas horas e 20 minutos que registra o evento, postado na internet, Mourão foi apresentado no evento como "irmão", isto é, membro da maçonaria do Rio Grande do Sul.

Ele se definiu como "eterno integrante da [comunidade de] inteligência", tendo sido graduado como oficial de inteligência na ESNI (Escola do Serviço Nacional de Informações). Criado após o golpe militar de 64 e extinto em 1990, o SNI era o braço de inteligência do aparato de repressão militar para ajudar a localizar e prender opositores do governo militar, incluindo sindicalistas, estudantes e militantes da esquerda armada.

Um dos organizadores do evento, o "irmão" Manoel Penha, brincou, no início da palestra, que havia outros militares à paisana na plateia, com "seu terninho preto, sua camisa social". Ele afirmou em tom de ironia: "A intervenção que foi pedida, se feita, será feita com muito amor".

(Folhapress)

Pró-Saúde abre vagas para área de Enfermagem e TI em Santarém (PA)

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar está com vagas abertas para os cargos de enfermeiro(a) e técnico em Informática no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA).

Todos os cargos ofertados possuem disponibilidade para pessoas com deficiência (PCD).
Cargo: enfermeiro(a)

Atividades: organizar a operacionalização do serviço de Enfermagem; checar prescrições médicas, evoluir, acompanhar e passar informações clínicas; realizar procedimentos de Enfermagem.

Requisitos: ensino superior completo em Enfermagem; desejável especialização na área.
Experiência: necessário ter experiência na função.

Horário: 180h mensais

Benefícios: salário + vale-transporte

Cargo: técnico em Informática
Atividades: prestar suporte de informática aos usuários; efetuar a manutenção de hardware, configuração e instalação de impressoras, configuração de redes de computadores, configuração e instalação de software e manutenção em centrais de dados, central telefônica e CFTV, cabeamento estruturado; realizar montagem e desmontagem de computadores.

Requisitos: ensino médio completo; necessário curso técnico em Informática; Cursos complementares (montagem de equipamentos de Informática e rede de computadores).
Experiência: em rede de computadores e protocolos de rede; circuitos de CFTV e eletrônica de equipamentos de Informática; montagem e desmontagem de computadores.
Horário: 220 h mensais

Benefícios: salário + vale-transporte
OBS.: os currículos devem ser cadastrados até sexta-feira, 15/9, para esta vaga.
Forma de candidatura: cadastre o currículo no www.prosaude.org.br/trabalheconosco
A Pró-Saúde tem 50 anos de história, promove e valoriza a diversidade, igualdade de direitos e de oportunidades. A instituição contrata profissionais experientes, pessoas com deficiência ou que buscam a primeira experiência no mercado de trabalho.

Confira estas e outras vagas no Portal de Carreiras da Pró-Saúde: www.prosaude.org.br/trabalheconosco

Joab Ferreira (Ascom HRBA)

Publicação de Editais



sábado, setembro 16, 2017

O Assunto é Este relembrou boas histórias do Rádio e tratou de digitalização do sinal da Tapajoara

Hoje tivemos oportunidade de fazer um programa no qual relembramos muitas histórias que vivemos juntos no Rádio.

Ivan Araújo, amigo de longas datas e colega de profissão do mais elevado nível, dividiu o estúdio comigo. Depois, de surpresa, chegou outro colega muito estimado, Darlan Patrick, enciclopédia viva do futebol itaitubense, que enriqueceu ainda mais o bate-papo.

No final, tratamos da digitalização do sinal da TV Tapajoara, da qual Ivan é o diretor.

Ele disse que até julho do ano que vem, a emissora que retransmite o sinal do SBT em Itaituba estará transmitindo, simultaneamente, sinal digital e sinal analógico, pois essa é uma exigência legal até se encerre o prazo determinado pela Anatel para que esteja tudo digitalizado aqui no município, o que só expirará em 31 de dezembro de 2023.

Ivan disse, ainda, que o livro de sua autoria, contando a história do Rádio, do esporte e de outros setores da vida de Itaituba está na fase final de preparação.


Foi muito bom.

sexta-feira, setembro 15, 2017

MPF quer fim de mineração ilegal em Novo Progresso (PA)

Ação pede à Justiça anulação das autorizações da Semas e do DNPM à mineradora Chapleau



O Ministério Público Federal (MPF) entrou com ação contra a Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e a empresa Chapleau Exploração Mineral por participarem de forma irregular da prática de atividades de mineração nos municípios de Novo Progresso e Altamira, sudoeste do Pará.

O MPF pediu à Justiça Federal que anule as autorizações concedidas pela Semas e pelo DNPM que permitiam as atividades de lavra da empresa Chapleau na região, e que obrigue a Semas a exigir o estudo prévio de impacto ambiental à mineradora antes de autorizar o início das atividades.

A ação pede, ainda, que o DNPM fique impedido de conceder o guia de utilização antes de a empresa apresentar licença ambiental, e que seja aplicada multa de R$ 50 mil para cada um dos acusados por dia de atraso do cumprimento da sentença.

A empresa Chapleu identificou grande potencial mineral após iniciar trabalhos de pesquisa mineral em 2006 no interior do Projeto de Desenvolvimento Sustentável (PDS) Terra Nossa, criado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária INCRA.

Para que a empresa pudesse efetuar a extração dos minérios era necessária a realização do estudo de impactos ambientais. No entanto, a Semas concedeu o licenciamento de operação, permitindo o início da extração de 50 mil toneladas de minério de ouro, sem exigir o estudo dos impactos que seriam causados à região.

Dessa forma, segundo o MPF, as atividades ameaçam mais de 300 famílias assentadas no PDS, além de afetar a saúde e a segurança de 506 indígenas da etnia Kayapó Mekrãnogti, integrantes da terra indígena Baú, localizada a aproximadamente 11 km de distância da região de lavra.

Além disso, a investigação comprova que há grande potencialidade de contaminação do rio Curuá, tanto pela existência de nascentes no local das atividades da mineradora quanto pelo fato de que essas nascentes serão utilizadas pela empresa.
Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

Publicação de Edital


Câmara realizou, ontem, audiência pública com a Serabi, provocada pelo vereador Peninha

Blog do Jota Parente – A Câmara Municipal de Itaituba realizou, na manhã de ontem, audiência pública com a presente da empresa de mineração Serabi, com o objetivo de discutir as atividades da empresa no município.
     O vereador Peninha foi o autor do requerimento que provocou a audiência pública de ontem. Para ele, foi uma ótima oportunidade para que todas as dúvidas que existiam a respeito da atuação da empresa fossem tiradas...

Vereador Peninha - Com certeza foi positiva essa audiência pública. Primeiro, porque nós vamos passamos a ter conhecimento sobre as atividades da empresa, que atua há vários anos em Itaituba e nós precisávamos ter essa aproximação. Acho que essa audiência foi interessante por conta de que nós tivemos as informações que precisavam sobre geração de emprego e com relação geração de impostos para o município, e geração de várias coisas positivas para Itaituba.
Eles fizeram explicações sobre a questão dos funcionários estrangeiros que vêm para cá; são mão de obra qualificada, porque estão adotando o método mineral de exploração subterrânea, que não tem no Pará não há esses profissionais qualificados, que são trazidos do Peru; não é exploração mão de obra barata, mas, mão-de-obra estrangeira qualificada, mais cara.

Blog do Jota Parente – Uma coisa boa para a economia local, é que as compras são feitas dentro do município...

Vereador Peninha – Essa é outra questão que nos deixou satisfeitos; as compras, segundo eles alegaram, todas estão sendo feitas dentro do município de Itaituba, mais precisamente em Moraes Almeida e Jardim do Ouro. E o que foi mais surpreendente para nós, são as condicionantes que a empresa vem cumprindo e que não divulga, não tínhamos conhecimento, que são exatamente aquelas questões de energia elétrica, escola e posto de saúde lá na mina do São Chico, no Jardim do Ouro.

Blog do Jota Parente – Além disso, o município tem arrecada boa soma de impostos com as atividades da Serabi...


Vereador Peninha - Para nós é muito importante tem uma empresa que contribuiu com a arrecadação municipal. Em 2015, entraram nos cofres da Prefeitura de Itaituba. R$ 1.397.100,00, já em 2016 o município recebeu de CEFEM do Ouro que a Serabi produziu, R$ 1.970.000,00; então, isso quer dizer que o município está recebendo. Se ouro pudesse ser refinado aqui, aumentaria bastante essa arrecadação, mas, infelizmente, não tem essa estrutura ainda, mas o importante é que foram feitos esclarecimento e depois disso vamos continuar acompanhando o trabalho da empresa. Vamos cobrar preparação de mão-de-obra para que seja absorvidos trabalhadores daqui mesmo.

Diretora da Serabi diz que empresa continua muito presente na vida de Itatibua

Blog do Jota Parente – Três diretores da Serabi representaram a empresa, ontem, na Câmara. Kilser Cardoso, gerente de operações, Flávia Veronese, gerente-substituta e Paulo Pereira, do setor de contabilidade. Flávia Veronese avaliou a audiência pública de forma positiva...

Flávia Veronese - Foi muito positiva. Principalmente, porque foi uma maneira da gente abrir um canal de comunicação. A empresa precisava se apresentar, a gente precisava conhecer os vereadores da cidade, e essa troca de informações é muito importante, pois a empresa desempenha diversas atividades socioambientais que precisam ser divulgadas, que precisam chegar até a população aqui na cidade, na sede do município, porque a mina do Palito está localizada a 330 km da cidade, então, pela distância, às vezes fica um pouco difícil para gente transitar no meio político, no meio da sociedade. Então, sobre todos esses aspectos essa sessão foi muito importante para a empresa se aproximar, de fato das pessoas, aqui, se reaproximar. Eu agradeço muito ao vereador Peninha pelo convite, e estamos à disposição para voltar sempre aqui a esta casa para prestar todas as informações que a sociedade civil precisar.

Blog do Jota Parente – Este ano, aqui mesmo na Câmara, foi questionada a contratação de trabalhadores estrangeiros, vindo do Peru, para trabalhar na mina, entendendo-se que eles estariam tomando o lugar de trabalhadores do município. Qual é a realidade dessa situação?

Flávia Veronese – Nessa audiência pública, tivemos a oportunidade de explicar em detalhes isso através do nosso gerente operacional. 80% da mão-de-obra que trabalha na empresa vem de municípios do Pará e 80% deles são residentes do município de Itaituba. Nós temos no nosso quadro de pessoal, uma preferência pela mão de obra de Itaituba. Ocorre, conforme foi explicado, pelo nosso gerente operacional, a retomada da produção da empresa de 2014 só foi possível através de dois fatores: a mudança do nosso do nosso método de lavra, porque nós temos aqui uma mineração muito estreita, e a gente precisava trazer uma mão de obra que tivesse experiência em trabalhar nesse tipo de mineração, por a ser a minha única empresa de explora mina subterrânea no Estado do Pará. Esse método de lavra é pouco utilizado no Brasil; então, não há mão de obra disponível de fato aqui no Brasil para isso. Essa mão de obra estrangeira é uma mão-de-obra extremamente especializada que nós trouxemos para cá e que permitiu a viabilidade das operações. Não é uma mão de obra barata. Algumas pessoas dizem que a gente está contratando mão de obra barata para gastar menos, mas, na verdade é uma mão-de-obra extremamente especializada e cara. Nossa meta com o passar dos anos é essa mão de obra estrangeira ir treinando os nossos funcionários daqui do Brasil para que a gente possa de fato dispensar a mão de estrangeira.

Blog do Jota Parente – A Serabi já fui muito presente na vida do município de Itaituba, de modo especial, da sede do município. A partir dessa audiência pública deve acontecer uma reaproximação?

Flávia Veronese - Eu queria dizer uma coisa, o município de Itaituba é muito grande, e nós estamos afastados da sede municipal, mas a gente ainda está dentro do município de Itaituba. Se você for no Jardim do Ouro, em Moraes de Almeida e na comunidade São Chico, vai ver que nós estamos 100% presentes. Mesmo distante mais de 300 km, essas localidades ainda estão dentro do município.

A Serabi não deixou de estar presente na vida na vida das pessoas daqui do município; nós apenas concentramos mais a nossa atenção nas comunidades carentes que estão no nosso entorno, e não na sede municipal, mas nós, de fato, ainda estamos muito presentes na vida do itaitubense, mas do itaitubense que mora em Moraes de Almeida, esse itaitubense que mora no Jardim do Ouro e do itaitubense que mora na comunidade São Chico.

Para o secretário de meio ambiente, audiência pública deve aproximar mais empresa e município

Blog do Jota Parente – O secretário de meio ambiente do município, engenheiro Bruno Rolim, disse que é importante que haja maior aproximação entre a empresa Serabi e o município, para que possam ser desenvolvidas parcerias que ajudem a desenvolver Itaituba...

Secretário Bruno Rolim - Com certeza essa audiência pública ajuda a gente a entender melhor os procedimentos da empresa, para ver como é que ela tem operado, qual é o tipo de minério que está sendo extraído, qual a tributação que está vindo por município, e também, estreitando os laços com ela, para divulgar mais, para a sociedade compreender o trabalho que vem sendo desenvolvido lá na mina, e para que a gente possa fazer alguns trabalhos em parceria.

Blog do Jota Parente – Hoje, a relação empresa-município tem estado muito distante?


Secretário Bruno Rolim – Sim. O que a gente vê é que é uma relação ainda um pouco distante do que era antigamente, em relação a quando ela se instalou aqui. É importante que haja uma aproximação maior com município, e o que a gente está tentando, agora, é retornar aquele contato de antes. A partir daí a gente pode conhecer melhor a empresa e fazer projeto em parceria, para conseguir melhorar a saúde, a educação que, coisas que a empresa já faz lá na região onde atual, mas que o poder público precisa estar mais ligado.

quinta-feira, setembro 14, 2017

Publicação de Edital


Padre Fábio de Melo autografa camisa do Paysandu para ajudar Lar da Tia Socorro

Padre Fábio de Melo autografa camisa do Paysandu para ajudar Lar da Tia Socorro (Foto: Reprodução / Facebook)O padre Fábio de Melo autografou uma camisa do Paysandu Sport Club, em nome de uma boa ação.

A camisa bicolor autografada pelo sacerdote será leiloada e a renda será revertida para o Lar Acolhedor da Tia Socorro, que emocionou o padre durante o programa "Caldeirão do Huck", da TV Globo, no início de agosto.

Com a iniciativa dos departamentos de Marketing e Responsabilidade Social do Papão, os lances já podem ser feitos no site oficial do clube.
Além de se identificar com a história da Tia Socorro, o padre tem um carinho enorme pela capital paraense, seja pela culinária e também pela festa do Círio de Nazaré.

(DOL)

Publicação de Edital


Peninha: "Ministério Público Federal vai fechar o que nem abriu em Itaitauba

Ontem, o vereador Luiz Fernando Sadeck do Santos (Peninha), falou sobre a decisão do Ministério Público Federal de encerrar suas atividades em Itaituba, fechando sua representação.

"Vão fechar o que, se nem abriu", questionou ele.

Peninha apresentou requerimento no qual pede que seja endereçado documento da Câmara de Itaituba para deputados federais, pedindo que eles façam alguma coisa para ver se o MPF deixa o conforto de Santarém e vem para Itaituba.

Ele até brincou, colocando dúvidas sobre a reação dos deputados federais em se interessarem por lutar para vinda do MPF, num momento em que esse órgão tem fustigados tantos deles enrolados em atos de corrupção.

O órgão já anunciou, que no final deste ano vai fechar sua representação neste município. Mas, como bem observou o vereador, vai fechar o que, se nunca abriu.

O prédio está aparelhado com mobília e tudo, sendo pago religiosamente, todo santos mês, a bagatela de R$ 18 mil de aluguel, que sai do bolso do contribuinte.

Os móveis serão levados para Santarém. Pode isso?

As justificativas do MPF para não se implantar definitivamente em Itaituba não convencem ninguém.

Perde a região sudoeste do estado, que quando tiver qualquer assunto para tratar nesse órgão, terá que se deslocar até Santarém.

A Justiça Federal está atuando em Itaituba já faz um bom tempo, e a desculpa de que falta a Polícia Federal não cola mais, porque a PF também está presente no município. Então, o que transparece é que falta vontade de vir para Itaituba. O resto, não convence ninguém.

PM prendeu cinco assaltantes

A ousadia dos bandidos que agem em Itaituba só faz aumentar.

Ontem à noite a Polícia Militar perseguiu um moto com dois bandidos que vinham praticados assaltos na cidade.

A parte final da ação deu-se no bairro São Tomé.

Na perseguição, um dos bandidos atirou no carro da polícia, acertando alguns projéteis na frente da viatura.

A PM conseguiu balear um dos meliantes, que mesmo baleado, empreendeu fuga, mas, o comparsa foi preso, assim como a moto foi apreendida.

O bandido preso informou onde estavam outros assaltantes, em uma casa, no residencial Wirland Freire.

A PM foi lá, tendo prendido mais quatro, totalizando cinco bandidos presos.

Ontem à tarde uma senhora foi assaltada no bairro Boa Esperança, de quem levaram um bolsa, e ainda atiraram para assustar.

A senhora foi até a 19ª Seccional registrar a ocorrência, muito assustada.

Como o blog tem dito, a violência está fora de controle em Itaituba. A polícia precisa de melhores condições para fazer o seu trabalho.


Feito isso, se o governo do Estado resolver investir para aparelhar melhor, Polícia Militar e Polícia Civil, tanto no que diz respeito à infraestrutura, quanto ao quadro de pessoal, caberá à sociedade cobrar maior eficiência e eficácia dos setores de segurança pública, reivindicando seus direitos. 

Isso não se restringe apenas às polícias.Passa, também, por Ministério Público e Jucidiário.