sexta-feira, fevereiro 23, 2018

Clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações pelo Facebook

Os clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações bancárias diretamente pelo Messenger, aplicativo de mensagens instantâneas do Facebook, sem precisar utilizar o serviço de internet banking ou o aplicativo do banco.

Segundo o banco, a troca de informações nas interações com os clientes são criptografadas de ponta a ponta.

“Queremos estar em todos os lugares em que o cliente gosta de estar, seja no aplicativo ou na rede social. As pesquisas mostram que o brasileiro aprecia muito as redes sociais”, disse hoje (22) o diretor de tecnologia do Banco do Brasil, Gustavo Fosse.
A ferramenta será iniciada com um projeto-piloto com cerca de mil clientes e um grupo de funcionários do banco. Inicialmente, estão disponíveis consulta de extrato da conta-corrente e informações sobre cartão de crédito como fatura, solicitação de segunda via e liberação de uso.
smartphone
Nova ferramenta do Banco do Brasil está disponível em fase de testes para cerca de mil clientes e um grupo de funcionarios da instituiçãoArquivoAgência Brasil
Nos próximos dias, as consultas de saldo e extrato da poupança, assim como o extrato de fundos de investimento também estarão disponíveis pelo atendimento no Messenger. Após a fase de testes, o serviço será ampliado para todos os clientes.

O atendimento na nova plataforma será feito por meio do assistente virtual do banco, que já funciona para tirar dúvidas de clientes por meio de chatbot (“robô” que simula uma conversa com os clientes) no Messenger do Facebook combinada com o Watson, a plataforma de inteligência artificial para negócios da IBM na nuvem.

Há um ano, o BB adotou Watson para auxiliar os funcionários a agilizar o atendimento e responder a dúvidas e solicitações dos clientes. Em agosto do ano passado, a instituição ampliou o uso da inteligência artificial para seu novo canal de atendimento pelo Messenger do Facebook para tirar as principais dúvidas dos clientes sobre sua conta ou serviços oferecidos pelo banco.

Segundo o Banco do Brasil, foram mais de 500 mil interações e cerca de 60 mil clientes respondidos com informações sobre os mais diversos temas, como atendimento, cartão, conta-corrente, investimentos, linhas de crédito, solução de dividas, programa de relacionamento e câmbio.

A interação pelo chatbot representa 70% dos atendimentos feitos pelo BB no Facebook. Quando é necessário algum tipo de interação humana, o atendimento é encaminhado para funcionários do banco.

Desde outubro, o chatbot foi ampliado para os sistemas próprios do banco e migrou para o aplicativo. Em dezembro, começou a ser utilizado no internet banking para interações com clientes sobre módulo de segurança e bloqueio de senha.
Agência Brasil

Com Paulo Preto, faxina chega ao porão tucano


Blog do Josias de Souza - A descoberta de que Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, manteve uma fortuna em contas na Suíça leva a faxina nacional ao recanto mais obscuro do porão do ninho do PSDB –um local onde os tucanos são pardos. Não se trata de denúncia vazia. Vem acompanhada de papéis avalizados por autoridades suíças. Também não é coisa exumada de catacumbas remotas. Em junho de 2016, havia o equivalente a R$ 113 milhões em quatro contas. Em fevereiro de 2017, com a Lava Jato a pino, a grana fugiu para as Bahamas.

A encrenca estava trancada no armário das pendências sigilosas do Judiciário de São Paulo. Veio à luz porque a defesa de Paulo Preto empurrou documentos e informações sobre o caso num processo que corre no Supremo Tribunal Federal. Ali, o personagem é investigado como operador de caixas clandestinas do grão-tucano José Serra, a quem a Odebrecht diz ter repassado R$ 23 milhões por baixo da mesa.

Tomado pela petição dos seus advogados, Paulo Preto dança a coreografia do medo. Ele pede: 1) Que o processo que corre na primeira instância de São Paulo suba para a Suprema Corte. Sinal de que o circo pegou fogo; 2) Que as provas enviadas pela Suíça sejam desconsideradas. Sinal de que o telhado da bilheteria do circo é feito de vidro.

Paulo Preto é ex-diretor da Dersa, estatal paulista de rodovias. Nessa poltrona, revelou-se um talentoso negociador de contratos com empreiteiras. Seu martírio traz de volta uma assombração que tirou o sono de parte do tucanato na sucessão de 2010. Na ocasião, Paulo Preto era acusado nos subterrâneos do ninho de ter sumido com R$ 4 milhões do caixa dois do PSDB. Foi levado à vitrine por Dilma Rousseff, num debate presidencial.

Tratado pelos tucanos como leproso, Paulo Preto fez pose de carcará, aquele pássaro que pega, mata e come. Ele borrifou no noticiário um lote de comentários radioativos. Reclamou dos amigos “ingratos”. Chamou-os de “incompetentes.” Por quê? Ora, “não se deixa um líder ferido na estrada a troco de nada.” Esse Paulo Preto de 2010 parecia soar como um delator esperando para acontecer.

Decorridos sete anos, o fantasma reaparece. Num enredo como esse, o melhor que pode suceder à moralidade pública é manter o personagem ardendo nas labaredas da primeira instância paulista. Ali, tudo o que se relaciona com os tucanos costuma caminhar em velocidade de cágado manco. Puxar um processo para o Supremo justamente na hora em que começa a se mover pareceria uma insensatez. Com a palavra Gilmar Mendes, relator da encrenca na Suprema Corte.

Celulares irregulares serão bloqueados a partir de hoje

Por: EBCOs aparelhos irregulares habilitados a partir de hoje (22) nas operadoras de telefonia móvel em Goiás e no Distrito Federal serão bloqueados a partir do dia 9 de maio. As prestadoras dos serviços iniciaram os testes do sistema de bloqueio para avaliar sua eficácia. A medida, aprovada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), será estendida a todos os estados até março de 2019, e tem o objetivo de coibir o uso de telefones móveis não certificados, com IMEI (do inglês International Mobile Equipment Identity) adulterado, clonado ou outras formas de fraude.
Os usuários que já possuem aparelhos móveis irregulares habilitados não serão desconectados, caso não alterem o seu número. Segundo a Anatel, os celulares comprados no exterior continuarão funcionando no Brasil, desde que sejam certificados por organismos estrangeiros 
equivalentes à agência reguladora brasileira.
Todos os celulares em uso no Brasil devem ser certificados ou ter sua certificação aceita pela Anatel. Segundo o órgão, esses aparelhos passam por uma série de testes de segurança antes de chegarem às mãos do consumidor, para que o produto seja o mais confiável possível e não cause problemas à saúde, nem afete as redes de telecomunicações.
Cada celular tem um número de identificação único e global, chamado de IMEI, que equivale, por exemplo, ao número de chassi de um carro, ou seja, é único para cada aparelho celular. Por esse número é possível saber se há algum registro de impedimento no aparelho que você possui ou que pretende comprar. No site da Anatel [http://www.anatel.gov.br/celularlegal/], o usuário poderá verificar a situação do seu aparelho.
O número do IMEI do celular pode ser encontrado na caixa do celular, no adesivo que fica por trás da bateria ou ao digitar *#06# no celular. A Anatel orienta os consumidores a verificar, antes de comprar um celular, se esses números são os mesmos. Caso os números apresentados forem diferentes, há uma grande chance de o aparelho ser irregular. Celulares que utilizam mais de um chip possuem um IMEI para cada um, sendo necessário verificar cada um dos números. Segundo a agência, cerca de um milhão de novos aparelhos entram nas redes das prestadoras todos os meses.

Novo secretário de Segurança já é criticado por suas atitudes

Novo secretário de Segurança já é criticado por suas atitudes  (Foto: Rodolfo Oliveira)Para o deputado estadual Carlos Bordalo, do PT, a declaração do atual secretário de Segurança Pública, Luiz Fernandes, de que o Pará não atravessa uma crise nessa área reflete um “nível de baixa informação” sobre o que de fato acontece no Estado, e que com um pouco mais de tempo no cargo ele deve rever essa afirmação. “Eu vou aguardar. O secretário precisa tomar pé da situação.

Estamos piores que o Rio de Janeiro, e lá já há uma intervenção federal em curso. Não acredito que com o Governo acabando se consiga criar uma solução efetiva, mas creio que seja possível pelo menos uma ponte que nos ajude a sair da situação atual”, avaliou.

Ao saber que o relatório da CPI das milícias, à qual ele assumiu a relatoria, está finalmente sendo levado em consideração pelo Governo do Estado, o parlamentar confessou sentir, ao mesmo tempo, um misto de lamentação e satisfação. “É uma pena que tenha precisado de tanto tempo para que o Executivo finalmente reconhecesse certas coisas. Eu só espero que sejam levadas em consideração nossas recomendações de que os PMs precisam, por exemplo, de área própria de moradia e política de valorização salarial”, defendeu.

O sociólogo Henrique Sauma chamou de “museu de grandes novidades” as ações imediatas do plano “O Pará unido contra a violência”, que incluem aumento de efetivo policial nas ruas, fortalecimento da Guarda Municipal, ações nos interiores, dentre outros. “O objetivo é devolver a cidade para as pessoas. Eu lamento que isso ocorra a poucos meses da eleição, em fim de mandato. Não é o secretário o problema, é o plano de Segurança Pública que representa o Governo! Depois de tantas críticas, mudar meio que por encanto... Tem de ver o que está por trás disso. Parece algo conveniente e oportuno”, esmiúça.

Para ele, a política criminal e o que se chama de segurança pública é que precisam ser revistos. “Aumento de efetivo é um dos pilares. Não é isolar a criminalidade que acaba com a violência. É preciso uma ação conjunta entre as pastas, que só terá seu efeito percebido em 10, 20 anos. Algo que, para uma campanha política, infelizmente não funciona a curto prazo, como asfaltamento de vias, por exemplo.”

(Carol Menezes/Diário do Pará)

quinta-feira, fevereiro 22, 2018

Publique aqui as suas licenças ambietais


Publicação de Edital


Acidente com monomotor em Manaus mata três pessoas

Avião de pequeno porte cai em um terreno a poucos metros do aeroclube e da Avenida Torquato Tapajós em Manaus (AM), na manhã dessa quinta-feira (22), deixando três mortos e dois feridos.A Crítica - Um avião de pequeno porte caiu, matou três pessoas e deixou outras duas feridas na manhã desta quinta-feira (22), em Manaus, em um terreno localizado por trás do depósito das lojas Ramsons, situado na avenida Torquato Tapajós, na Zona Centro-Oeste da capital. A informação é do Corpo de Bombeiros do Amazonas. O tipo de aeronave, o local e o horário da decolagem e o destino final de viagem ainda não foram confirmados.
Segundo o capitão Janderson Lopes, todos os cinco ocupantes do avião eram homens. As duas vítimas sobreviventes foram encaminhadas para o Hospital e Pronto Socorro Doutor João Lúcio, na Zona Leste da cidade, com ferimentos na cabeça, sendo uma delas em estado mais grave. “O avião que caiu teria cinco passageiros. Dois foram resgatados com vida, mas um dele está em estado mais grave que o outro. Os outros três passageiros foram avaliados no local do acidente”, explicou.
De acordo com o capitão Janderson Lopes, a corporação foi acionada por volta das 9h07 de hoje. Três viaturas foram deslocadas para o local, assim como equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que constataram os dois óbitos.
Equipes de perícia do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa-7), da Aeronáutica já começaram a investigar as causas do acidente aéreo no local, conforme o capitão Janderson Lopes. “A perícia da Aeronáutica já se encontra no local e estão fazendo registros fotográficos. Eles vão tentar identificar as causas do acidente. Vão posteriormente se manifestar sobre a ocorrência”, destacou o capitão.
Feridos
Em nota, a direção do Hospital Pronto Socorro Doutor João Lúcio informou que recebeu, na manhã desta quinta-feira (22), dois pacientes vítimas da queda do avião. Os dois homens, ainda não identificados, deram entrada na unidade em estado gravíssimo por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os dois foram atendidos, sendo que um deles está passando por uma cirurgia enquanto a segunda vítima foi estabilizada na área de politraumas.

Brasil piora 17 posições em índice global de corrupção

A classificação do Brasil no IPC vem piorando desde 2014, ano em que o País aparecia em 69º lugar. Queda se deve à ideia de que, apesar de operações como a Lava Jato, fatores estruturais da corrupção seguem inabalados.


Entre os 180 Estados e territórios avaliados, o Brasil ocupa o 96º lugar no ranking de países corruptos - no mesmo relatório referente a 2016, ele aparecia na posição 79. Apenas dois países apresentaram queda mais dramática: Libéria, caindo 32 posições, e Bahrein, 33.

Como já diz o nome, o IPC mede como a corrupção é percebida nos países - sem levar em conta dados quantitativos, como o montante de dinheiro desviado, e sem medir se, de fato, o problema se agravou ou não na região.

No topo do índice está a Nova Zelândia, seguida da Dinamarca. Finlândia, Noruega e Suíça aparecem logo abaixo, empatadas. A Somália, por sua vez, ocupa a última posição do ranking, atrás de Afeganistão, Síria e Sudão do Sul.

Entre os países do grupo Brics, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, a corrupção brasileira é a segunda pior classificada, ficando atrás somente da Rússia. Já entre 32 países das Américas, o Brasil está na posição 18 - o Canadá figura em primeiro, e a Venezuela, em último.

Brasil em queda

A classificação do Brasil no IPC vem piorando desde 2014, ano em que o País aparecia em 69º lugar. Segundo a Transparência Internacional, a trajetória de queda pode ser explicada pelos efeitos da Lava Jato e de outras grandes operações anticorrupção, que expõem o esforço notável do País em enfrentar o problema e, consequentemente, traz à luz a corrupção em toda sua dimensão. 

Em relação ao índice de 2017, a ONG acredita que a piora significativa do Brasil se deve à percepção de que, apesar dessas operações, os fatores estruturais da corrupção no País seguem inabalados, uma vez que não foi possível fazer avançar medidas para atacar de maneira sistêmica o problema. 

"É fato que as grandes operações de investigação e repressão dos últimos anos trouxeram avanços importantes, como a redução da expectativa de impunidade e o estabelecimento de um novo padrão de eficiência para essas ações", afirma Bruno Brandão, representante da ONG no Brasil. 

Ele observa, contudo, que "não houve em 2017 qualquer esboço de resposta sistêmica ao problema". "Ao contrário, a velha política que se aferra ao poder sabota qualquer intento neste sentido", aponta. 

Para Brandão, a polarização social pode também inflamar o problema. "Se as forças que querem estancar a sangria se mostram bastante unidas, a população se divide na polarização cada vez mais extremada do debate público, o que acaba anulando a pressão social e agravando ainda mais a situação." 

O IPC usa uma escala de zero (altamente corrupto) a 100 (muito íntegro) para avaliar os Estados. Entre os 180 Países analisados em 2017, mais de dois terços tiveram nota inferior a 50 - ou seja, mais de seis bilhões de pessoas vivem em Países considerados corruptos. A nota do Brasil foi 37. Para elaborar seu relatório anual, a Transparência Internacional avalia uma série de comportamentos corruptos no setor público, como suborno, nepotismo e desvio de verbas, além de fatores como o acesso da sociedade a informações sobre ações do governo. A ONG se baseia em dados coletados por 12 instituições independentes.

Deutsche Welle

Rodrigo Maia questiona decisão do STF sobre perda de mandato em condenação criminal de parlamentares

Resultado de imagem para fotos de rodrigo maiaAção proposta pela Mesa da Câmara questiona decisão da Primeira Turma do STF que, no julgamento de ação penal contra o deputado Paulo Maluf (PP-SP), decretou a perda de seu mandato.

A Mesa da Câmara dos Deputados, representada por seu presidente, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 511, contra entendimento da Primeira Turma da Corte que, no julgamento de ação penal contra o deputado Paulo Maluf (PP-SP), decretou a perda de seu mandato e determinou a comunicação da medida à Casa Legislativa. Segundo a ADPF, a decisão do colegiado suprime prerrogativa institucional do Legislativo, violando preceitos fundamentais como os princípios da separação de Poderes e da segurança jurídica.

Maluf foi condenado pela Primeira Turma, na Ação Penal (AP) 694, à pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias de reclusão, em regime inicial fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro. O colegiado decretou ainda a perda de seu mandato e determinou a comunicação da decisão à Câmara dos Deputados na forma do artigo 55, parágrafo 3º, da Constituição Federal, que trata dos casos em que a perda do mandato será declarada pela Mesa da Casa.

Na ação, a Mesa da Câmara explica que o entendimento adotado pela Primeira Turma levou em conta que a condenação de Maluf impôs o cumprimento inicial da pena em regime fechado, em que não há possibilidade de trabalho externo, situação que, na prática, inviabiliza o exercício das funções legislativas.

A decretação da perda de mandato seria, assim, parte integrante da condenação criminal, restando à Mesa apenas declará-la. “O argumento endossado pela Primeira Turma confunde exercício e titularidade do mandato parlamentar”, sustenta o órgão. “A imposição de pena privativa de liberdade impossibilita, a princípio, o exercício do mandato, mas a decisão sobre a sua titularidade deve permanecer com a casa a que pertencer o parlamentar condenado”.

Segundo a ADPF, a regra constitucional prevista no artigo 55, inciso VI, parágrafo 2º, da Constituição indica que a perda do mandato parlamentar em decorrência de condenação criminal transitada em julgado depende de formulação de representação contra o condenado, mediante provocação da respectiva Mesa ou de partido político representado no Congresso Nacional, e do processamento da representação perante a Casa, assegurada a ampla defesa, com a procedência do requerimento pelo plenário da Câmara dos Deputados ou do Senado, por maioria absoluta.

O entendimento da Primeira Turma, segundo a Mesa da Câmara, contraria jurisprudência do próprio STF, como a decisão no julgamento da AP 565, no qual o Plenário, por maioria, definiu que não cabe ao Poder Judiciário decretar a perda de mandato de parlamentar federal em razão de condenação criminal, posição também adotada pela Segunda Turma do STF no julgamento das APs 563, 572 e 618.

A Câmara sustenta ainda que, no caso de afastamento por prazo indeterminado ou maior do que o prazo legal de 120 dias, o parlamentar deve ser considerado afastado e deverá ser convocado o suplente em caráter de substituição, entendimento adotado em relação ao então deputado Natan Donadon.

O pedido de concessão de liminar é fundamentado no fato de que, uma vez decretado o trânsito em julgado da condenação de Paulo Maluf, a Mesa será compelida a declarar a perda de seu mandato. Assim, pede a suspensão da AP 694 e de quaisquer outras ações penais cujos acórdãos decretem a perda de mandato de deputado federal, até o julgamento final da ADPF. No mérito, pede que a ação seja julgada procedente para afastar o entendimento adotado pela Primeira Turma.


Fonte: Ascom/ST

Jovens são presos com 500 selos de drogas sintéticas em Santarém

Um dos suspeitos foi preso em uma agência dos Correios. Prisões aconteceram dentro da Operação Ecstasy

ois jovens foram presos na quarta-feira (21) com cerca de 500 selos de drogas sintéticas em Santarém, oeste do Pará. A prisão foi feita pela Polícia Federal que deflagrou a Operação Ecstasy.

Um dos jovens foi preso em uma agência dos Correios da cidade. De acordo com a polícia, o material apreendido foi encaminhado para a delegacia da Polícia Federal de Santarém e será submetido à perícia e análise.

A Operação conta com a participação de cerca de 20 policiais federais, além de agentes da Receita Federal e Vigilância Sanitária.

A Operação tinha o objetivo de cumprir quatro mandados de busca e apreensão, além de investigar e colher provas da participação dos envolvidos em Tráfico de Drogas, Adulteração de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais e contrabando. (G1 Santarém)

Von amplia sua base emplacando mais uma nomeação em Santarém

Alexandre Von emplaca ex-nº 1 da merenda escola no comando da Cohab, Von e JadeDesde ontem, 21, Jade Albarado Santamaria comanda a estatal paraense Cohab (Companhia de Habitação do Estado do Pará) em Santarém, órgão que funciona nas dependências da Estação Cidadania, bairro da Prainha. A nomeção tem as digitais do ex-prefeito Alexandre Von (2013-2016), atual nº 1 da CPH (Companhia de Portos e Hidrovias) do Pará.

Secretária do PSDB em Santarém, Jade comandou durante a gestão de Von o setor de merenda escolar na Semed (Secretaria Municipal de Educação). Ela é bacharel em Direito e corretora de imóveis.

Após perder a reeleição para Nélio Aguiar (DEM), o ex-prefeito assumiu o comando da CPH e passou a abocanhar quase todos os cargos do governo Simão Jatene, escalando tucanos para preenchê-los.

Na conta de Von já constam: Cohab, Fasepa, Iasep, Ideflor, várias coordenações no Centro Regional de Governo, Jucepa, Sagri, entre outras. Pré-candidato a deputado estadual, o ex-prefeito espera a retribuição em votos dos contemplados com os cargos na eleição deste ano.


Fonte: blog do Jeso

Publicação de Edital


Brasil e Colômbia discutem impactos da migração venezuelana

Mais de 40 mil pessoas do país vizinho chegaram à cidade de Boa Vista, em Roraima.

Representantes dos governos do Brasil e da Colômbia se reuniram nesta quarta-feira (21), para discutir os impactos do aumento do fluxo migratório de venezuelanos para os dois países. Segundo o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, os países trocaram experiências e informações de como aprofundar a colaboração para atender a essa "emergência social”.
“Além de algo permanente, que é a cooperação transfronteiriça, temos esse problema emergencial. É um surto muito volumoso de migração forçada de venezuelanos que vêm no rumo de nossos países”, disse o chanceler brasileiro, em declaração à imprensa.
De acordo com Aloysio Nunes, o desejo dos países latino-americanos é que a Venezuela reencontre “seu caminho para a democracia”, com “o pronunciamento livre do povo nas urnas”.
Segundo a chanceler colombiana, María Ángela Holguín, os dois países querem “manter as portas abertas” para ajudar os venezuelanos que estão migrando em uma situação difícil. “Isso gera um desafio maior para os países. Queremos dar condições para os venezuelanos 
de viver de forma tranquila nos nossos países”, afirmou.
O Brasil vive uma situação complexa com a vinda de cidadãos venezuelanos para a região Norte, em especial no estado de Roraima. Segundo estimativa da prefeitura de Boa Vista, mais de 40 mil pessoas do país vizinho chegaram à cidade, o que corresponde a mais de 10% da população local. (EBC)

Publicação de Edital


PF cumpre mandados por tentativa bilionária de fraude no Seguro Desemprego

Uma operação, denominada de Seguro Fake, foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (22), com o objetivo de desarticular grupo criminoso especializado em fraudes no Seguro Desemprego.

Agentes da Policia Federal cumprem 19 mandados de prisão e 27 de busca e apreensão nas cidades de Redenção, Conceição do Araguaia, São Luiz e São José de Ribamar, sudeste do Pará, além de cidades no Maranhão. Os dois estados apresentam alta incidência desta modalidade de fraude.

A investigação ocorreu entre a Polícia Federal e o Ministério do Trabalho (MTb), que inter-relacionam saques, apontando elementos comuns e possibilitando indicar qualquer tipo de fraude. Durante as investigações foram identificados quatro grupos criminosos. Foram rastreadas inclusões fraudulentas de benefícios do Seguro Desemprego. Em apenas 10 minutos os policiais flagraram 42 tentativas de fraude ao benefício em uma única agência da Caixa Econômica Federal na cidade de Redenção (PA).

De acordo com os técnicos do Ministério, o trabalho em conjunto com a PF, desde a implantação do sistema antifraude desenvolvido pelo MTb em 2016, teria identificado e bloqueado mais de 57 mil tentativas de fraudes no país, o que equivaleria à desvios de aproximadamente R$800 milhões para os cofres públicos.


DOL - Com informações da Polícia Federal

quarta-feira, fevereiro 21, 2018

Publicação de Edital


Davi Salomão fala da falta de segurança no Pará

Na sessão de hoje o vereador Davi Salomão falou sobre a situação caótica da Segurança Pública do estado do Pará, elencado como o quinto mais violento da federação brasileira.

Davi chamou atenção para o fato de bandidos terem entrado no IML, em Itaituba, de onde levaram armas e drogas que estavam lá para serem periciadas.

“Ora, se um lugar onde deveria haver segurança é invadido por bandidos, se o Estado não consegue dar segurança ao IML, imagine a situação do cidadão comum”, disse o vereador.

Itacimpasa deve mais de dois milhões para prestadora de serviço de Itaituba

A direção da empresa Água Preta, que fazia o transporte de materiais para a fábrica da Itacimpasa anda muito aflita com falta de perspectivas de uma solução da crise que culminou com o fechamento da unidade do Grupo João Santos em Itaituba.

São mais de dois milhões de reais que deixaram de ser pagos pela fábrica de cimento, que chegou a Itaituba nos anos 1980 prometendo o Céu, mas, que no final entregou o Inferno.
Ninguém do Grupo dá nenhuma informação sobre algum tipo de desfecho, e a angústia que todos os diretamente envolvidos sentem não paga as contas.

Eram 48 empregados, dos quais 30 tiveram que ser desligados em função das circunstâncias. Restaram 18, que a empresa não vai poder manter por muito tempo.
Enquanto não aparece uma solução, as obrigações trabalhistas vão crescendo, assim como a conta de tributos não recolhidos por falta de dinheiro em caixa.

Para suprema decepção de servidores, terceirizadas e credores, no carnaval de Recife saiu um blog do pessoal do escritório central localizado na capital pernambucana escrito nas camisas: BOTA NA JUSTIÇA. 

Aí já foi demais.

terça-feira, fevereiro 20, 2018

Vereador Júnior Pires defende corredor específico para trânsito de carretas

Júnior Pires defende corredor para carretas que hoje trafegam pelo centro da cidade e pelos bairros, provocando dificuldades no trânsito é acabando com as ruas.

O vereador Júnior Pires defendeu na tribuna da Câmara, que a prefeitura estude a criação de um corredor pelo qual carretas e caminhôes grandes possam trafegar.

Hoje, esses veículos pesados trafegam por qualquer rua, complicando o trânsito e desgastando a pavimentação asfáltica.

O vereador pediu que seja aproveitado o momento em que município e estado tem um convênio em vigor no setor de trânsito para fazer um estudo através da engenharia de tráfego para que o trabalho seja feito de forma correta.

A preocupação do vereador é pertinente.

Reunião na Câmara discute direito do idoso a passagem grátis

Nesta segunda-feira 19, o vereador David Salomão promoveu uma reunião na Câmara Municipal com a presença da Promotora de Justiça Aline Neiva A. Silva, de dirigentes do Procon, da Arcon, de representantes das empresas de transporte hidroviário (Lanchas) que fazem a linha Itaituba/Santarém e da vereadora Antônia Farias.

O objetivo da reunião era debater a aplicação do Decreto n°. 1.935/2017 editado pelo Governador do Estado Simão Jatene que está servindo de base para que as embarcações não aceitem o embarque de idosos pelo exercício do direito à gratuidade.

Após muita discussão, os representantes das lanchas declararam que diante da demanda apresentada iriam liberar 03 (três) gratuidades por viagem, o que se demonstrou insatisfatório, na visão do Vereador, do MP e do Procon.

Diante das argumentações do vereador e demais presentes na reunião, a representante do MP informou que deve ser ajuizada uma ação judicial visando a correção dessa injustiça.

Fonte: Assessoria do vereador

Jovem morre após tomar choque elétrico em celular ligado na tomada

Jovem morre após tomar choque elétrico em celular ligado na tomada (Foto: Reprodução) A adolescente Luíza Fernanda Gama Pinheiro, de 17 anos, morreu eletrocutada no último domingo (18), quando usava o aparelho celular que estava carregando na tomada. A garota morava no município de Riacho Frio, no Piauí.

De acordo com informações de familiares, a menor veio a óbito depois de receber uma forte descarga elétrica. No momento do ocorrido, o aparelho estava ligado na tomada. Luíza estava com o fone de ouvido e um raio teria caído sobre a residência.

Luíza Fernanda foi socorrida por populares e conduzida ao hospital, no entanto, não resistiu. (R7)

segunda-feira, fevereiro 19, 2018

Governador garante a Valmir, que licitação de verba da emenda de Chapadinha vai ser feita

Resultado de imagem para foto de Jatene e valmir climacoO relógio marcava alguns minutos depois de 5:30 da tarde, quando o prefeito Valmir Climaco atendeu a uma chamada de Belém. Na linha, dona Auxiliadora, secretária particular do governador Simão Jatene há muitos e muitos anos.

Ninguém fala com Jatene sem passar por ela.

O chefe queria falar com o prefeito de Itaituba. Assunto: a bendita emenda do deputado federal Francisco Chapadinha, de R$ 370 mil, para comprar equipamentos para a UPA, que veio para o governo do estado repassar para o município.

A licitação empacou, e o prefeito de Itaituba cansou de pedir ao secretário de Saúde do Estado, Victor Mateus, para fazer a licitação, e como ele não fez nada, no último encontro entre ambos, há poucos dias, Valmir perdeu a paciência e disse o que veio à cabeça, desabafo que chegou até Jatene.

Hoje à tarde o governador resolveu botar um ponto final nesse imbróglio, falando com Valmir.

Jatene disse para Valmir que ficou sabendo da situação, mas, que pode ficar tranquilo, pois agora é com ele.

“Considere esse caso resolvido, prefeito”, disse ele.

O gestor itaitubense ficou confiante que dessa vez a licitação sairá.

Quanto ao futuro político, se sairá ou não candidato ao Senado, Simão Jatene disse que não tem nada resolvido, pois, ele pensa no grupo político que comanda, e qualquer decisão deverá passar por uma discussão ampla.


Jota Parente

DNIT dá sinal verde para municipalização do trecho urbano da BR 230

Resultado de imagem para fotos do trecho urbano da transamazônica, ItaitubaO prefeito Valmir Clímaco conversou com a reportagem do blog e da TV Tapajoara, no final da tarde de hoje, a respeito do andamento do projeto de tornar municipal o trecho urbano da Rodovia Transamazônica na cidade de Itaituba.

Instado sobre os motivos que o levaram a tomar essa iniciativa ele respondeu que sendo federal, como é, Valmir disse que só quem pode fazer alguma coisa nela é o DNIT.

Esse órgão do Ministério dos Transportes não tem feito quase nada nas rodovias que cortam cidades brasileiras, disse ele.

A intenção do prefeito é urbanizar até o km 9 ou km 10, conseguindo recursos através de projetos apresentados ao Ministério das Cidades e ao Ministério da Integração Nacional, ou, quando houver dinheiro em caixa, com recursos próprios do município.

Valmir destacou que até agora, sem nenhum controle da prefeitura, que não tem poder para fiscalizar, muitas obras que já estão prontas e outras quase prontas, avançam na área da rodovia, o que não mais acontecerá a partir do momento em que houver a municipalização do perímetro.

O Ministério dos Transportes, disse o prefeito, foi provocado pelo município, tendo analisado o pleito e respondido positivamente, sinalizando que a municipalização será oficializada.

O próximo passo será enviar uma documentação complementar para divulgação do ato de municipalização no Diário Oficial da União, o que Valmir acredita que acontecerá em curto prazo.

Dentre outros ganhos que o município terá, pode citar-se a competência para fiscalizar o trânsito na rodovia, nesse trecho a ser municipalizado, o que permitirá que COMTRI e Detran possam atuar nessa via, pois com o convênio entre os governos municipal e estadual, os dois órgãos podem atuar em todas as competências de ambos.

Há anos, à prefeitura cabia apenas o ônus de trecho, porque tem sido forçada pelas circunstâncias a fazer reparos na pavimentação asfáltica até o km 7, pois se trata de uma via de grande movimento.

Questionado pela reportagem do blog se já existe algum projeto para urbanizar o trecho em questão, o gestor disse que a intenção é urbanizar até, pelo menos o km 9, porque num futuro próximo ele quer evitar que carros grandes, como carretas e caminhões grandes desembarquem no atual porto da balsa, para evitar que circulem desnecessariamente por dentro da cidade.

A ideia é deslocar a chegada da balsa com esse tipo de veículo para um novo porto entre a AABB e a torre de energia do linhão de Tucuruí.

O caminho a ser seguido pelos veículos pesados, após descerem da balsa será uma estrada que ele pretende fazer para chegar até o km 9, estrada essa asfaltada, que aliviará o tráfego nas ruas da cidade de Itaituba.

Só para lembrar, muitos desses veículos não precisam passar pelo centro da cidade, como ocorre hoje, por exemplo, com as carretas que levam soja para a empresa Caramuru, que fica do km 28.

Jota Parente

HRBA abre vagas para quatro cargos em Santarém (PA)

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar está com vagas abertas no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém (PA). Todos os cargos ofertados possuem disponibilidade para pessoas com deficiência (PCD).
Agente de portaria
Atividades: controlar o acesso de usuários, visitantes, acompanhantes e colaboradores; controlar o acesso de veículos; orientar usuários, visitantes e acompanhantes.
Experiência: na área de vigilância ou portaria; desejável possuir curso de formação de 

vigilantes.
Requisitos: ensino médio completo;
Horário: 180 h mensais.
Benefícios: Salário + vale-transporte.

Copeiro hospitalar
Atividades
: atender clientes e distribuir os alimentos servidos aos usuários e colaboradores; providenciar o preparo de dietas conforme ordem da nutricionista; efetuar a lavagem das louças e demais utensílios utilizados, deixando-os em perfeita ordem e higienização.
Requisitos: ensino médio completo.
Experiência: desejável experiência em cozinha industrial.
Horário: 180 h mensais.
Benefícios: salário + vale-transporte.

FarmacêuticoAtividades: organizar a operacionalização do serviço de Farmácia; assessorar o Serviço de Enfermagem, na utilização correta do acervo Profilático e terapêutico; controlar e conferir a entrada e saída dos psicofármacos, de acordo com a legislação vigente.
Requisito: ensino superior completo em Farmácia. Especialização em Farmácia Clínica ou Hospitalar.
Experiência: experiência na área; desejável experiência na área hospitalar.
Horário: 180h mensais.
Benefícios: salário + vale-transporte.

Técnico de Enfermagem (PCD)Atividades: prestar serviço assistencial de Enfermagem hospitalar.
Requisitos: ensino médio completo e curso técnico completo em Enfermagem. Registro atualizado e ativo no Conselho Regional de Enfermagem do Pará.
Experiência: como Técnico em Enfermagem.
Horário: 180 h mensais

Joab Ferreira
Ascom/HRBA

Publicação de Edital


Mortes de bebês em 2017 deixou SEMSA em alerta

No ano de 2017, sete crianças morreram após o parto, ou de imediato, ou pouco tempo depois, no Hospital Municipal de Itaituba.

Esse número é preocupante, porque, embora o ideal, que seja zero, isso é difícil de alcançar, sendo preciso diminuir essa patamar.

Alguns casos ocorridos ano passado tiveram grande repercussão e acenderam a luz amarela da Secretaria de Saúde.

Ocorreram casos em que houve precipitação de pessoas que se arvoram de jornalistas, que na hora de divulgar nas redes sociais não checam as informações e publicam de qualquer jeito, que motivaram até providencias judiciais, mas, houve situações em que faltou uma melhor comunicação com a comunidade. Entretanto, situações surgiram que exigiam uma explicação melhor para o público, pois a competência de profissionais do HMI foi colocada em cheque.

O HMI não conta com os serviços de um (a) obstetra, e segundo Adriano Coutinho, a prefeitura está trabalhando para contratar um (a) profissional para resolver o problema.

Um dos problemas que a reportagem levantou, que causam muitos problemas e que podem contribuir sobremodo para a complicação de muitos partos é a falta de acompanhamento de gestantes que deixam de fazer o pré-natal de forma correta.

Esse comportamento é mais comum entre as jovens que vão dar à luz o primeiro filho, as quais, por falta de informação acabam negligenciando no acompanhamento da gravidez.

Fazendo todo o acompanhamento no pré-natal, quando a grávida chega para dar à luz, seu prontuário já estabelece que tipo de procedimento precisa ser feito, se será parto normal, ou se há necessidade de cesariana.

Quando isso deixa de ser feito, a equipe médica precisa decidir na hora o que deve ser feito, e não são poucas as vezes em que o bebê pode apresentar algum tipo de problema que teria sido detectado durante os exames do pré-natal.

Ademais, muitas gestantes chegam para ter seu bebê exigindo que seja feita cesariana, mas, a recomendação expressa do SUS é para que esse procedimento só seja adotado como último recurso, recomendando parto normal.

É imprescindível que as grávidas façam todo o acompanhamento médico durante o pré-natal, para garantir que seu filho nascerá 100% saudável.

Publicação de Edital


Final de semana mais violento do que o carnaval

            O final da semana que passou teve muito mais atendimentos no Hospital Municipal foi muito mais movimento do que o final da quadra carnavalesca. Em suma, foi mais violento.

No carnaval foi montado um esquema especial, com reforço da equipe de plantão, mas, o movimento foi tranquilo. Já no último final de semana houve muito trabalho.

            No trânsito foi registrada uma morte e dois traumatizados em uma colisão entre duas motos.

            Um dos traumatizados teve traumatismo craniano e politraumatismos, com fraturas de algumas partes do corpo, enquanto o terceiro envolvido no acidente sofreu algumas fraturas.

            O homem com traumatismo craniano teve que ser levado às pressas, de avião, para Santarém, onde foi encaminhado para a sala de reanimação.

            O outro caso grave de violência envolveu um homem que, além de ser assaltado, foi baleado na cabeça.

            A bala alojou-se na cabeça do mesmo, o que fez com que também ele precisasse sem transferido para Santarém, onde passará por procedimento cirúrgico para retirada da bala.


            Segundo informou Adriano Coutinho, diretor do HMI, o baleado está estável e não corre o risco de morrer em decorrência do tiro. 

domingo, fevereiro 18, 2018

Trânsito faz quarta vítima fatal em Itaituba

Na madrugada de hoje, no trânsito louco de Itaituba, mais uma morte.

Aconteceu na Transamazônica, a altura da 10a. Rua, perto do 15o. BPM, onde duas motocicletas se chocaram.

Na colisão, Kássio Augusto Cruz Pereira, 27 anos, morreu no local, dada a violência do choque.

Thiago Souza Melquíades, 18 anos, e uma terceira pessoa não identificada foram as outras duas vítimas que saíram com ferimentos.

A Polícia Militar precisou para controlar o tráfego no local.

Com informações do blog Plantão 24 Horas
----------------------------------------
Nota do blog do Jota Parente

Em 48 dias do ano de 2018 ocorreu  uma morte a cada doze dias.

Em 2017 a média foi de uma morte a cada 9,125 dias.

Se for mantida a média atual, o ano terminará com cerca de 30 mortes no trânsito.

EM ITAITUBA: POLICIAL MILITAR É ESFAQUEADO AO ATENDER UMA OCORRÊNCIA NO RESIDENCIAL WIRLAND FREIRE.

Na madrugada deste domingo (18), por volta das 03h:30min no residencial Wirland Freire a GUPM Composta pelos Militares Sgt Risonaldo e CB Pereira foram acionados para atender uma ocorrência onde um rapaz estava com a cabeça cortada.

Chegando no local da ocorrência a PM verificou a vericidade do caso é logo pediu apoio dos militares do corpo de bombeiros para atender a vítima que após o atendimento foi encaminhada para o PSM para avaliação médica.

Segundo informações a GUPM ficou próximo do evento de carnaval que estava sendo realizado pela comunidade, quando derrepente começou outra briga, os policiais ao se proximar da briga um elemento pegou uma tábua e jogou no peito do  CABO PM PEREIRA  e em seguida uma mulher de nome Dilcilene  Pedroso Moura vulgo Carla que estava  atrás do PM e desferiu um golpe de canivete na costa do policial militar.

De acordo com informações o golpe de canivete atravessou o colete balístico, a grândola e a camiseta entrando cerca de 6 centímetros na costa do PM. Ele ficou bem.

Segundo testemunhas a acusada ainda tentou fugir mais foi pega ainda com o canivete. A Carla foi conduzida para a 19° seccional para as devidas providências cabíveis, onde será autuada por lesão corporal e posteriormente liberada.

Fonte: http://plantao24horasnews.com.br com informações da PM.
Imagens: Grupo Reservado Plantão 24horas News.

sábado, fevereiro 17, 2018

O ASSUNTO É ESTE discutiu a Copa Ouro

Programa O ASSUNTO É ESTE de hoje, o professor Pock e Daniel Oliveira (Climafrio) foi ótimo.

Além do papo descontraído sobre Copa Ouro masculina e feminina, a participação dos ouvintes por meio de mensagens foi intensa.

Copa Ouro de Futsal Feminino começa dia 07 de março. A masculina tem abertura marcada para o dia 28 de abril, indo até 02 de junho.

Equipes que vão disputar a Copa Ouro feminina estão contratando jogadores de renome nacional.

Vai ser uma competição de alto nível.

Comandante da PM em Óbidos foi preso ontem

Preso o comandante da PM em Óbidos; capitão assumiu o cargo há 4 meses, Wanzeler, capitão da PMO comandante da 29ª Companhia de Polícia Militar, de Óbidos, capital Marcel de Jesus Duarte Wanzeler foi preso ontem, 16/02, apenas quatro meses após assumir o cargo.

A prisão foi decretada pela Corredoria Geral da Polícia Militar, em Belém, dirigida pelo coronel Albernando Monteiro da Silva.

Wanzeler foi preso na tarde de ontem, com discrição.

A PM não se pronunciou oficialmente sobre o caso. 

Fonte: Portal do Jeso